Astro de "One Tree Hill" defendeu colega contra assédio do criador da série

Astro de "One Tree Hill" defendeu colega contra assédio do criador da série Confira!

Astro de “One Tree Hill” defendeu colega contra assédio do criador da série

A atriz Hilarie Burton revelou que Chad Michael Murray, seu colega de elenco de "One Tree Hill", ...

Astro de “One Tree Hill” defendeu colega contra assédio do criador da série
Imagem: Reprodução | Divulgação



A atriz Hilarie Burton revelou que Chad Michael Murray, seu colega de elenco de “One Tree Hill”, a defendeu contra o assédio o do criador da série, Mark Schwahn. A revelação foi feita no podcast Drama Queens, em que a atriz relembrou o incidente que aconteceu enquanto a série era gravada em Honey Grove, no Texas, em 2007.

“Chad se aproximou e disse: ‘O que você está fazendo?’ Ele disse isso para o nosso chefe num bar… Ele viu nosso chefe me agarrar na frente de várias pessoas, e você sabe, Chad não tinha nada a perder porque sabia que nosso chefe o odiava de qualquer maneira”, contou ela.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

“Muitas pessoas tinham muito a perder, então você não fala quando tem muito a perder”, disse ela. “Mas (nosso chefe) se sentia tão à vontade que isso não era problema para ele. (Ele pensou): ‘Eu posso fazer o que eu quiser com ela em público com o namorado dela parado lá.'”

O podcast Drama Queens é apresentado por Burton, em parceria com Sophia Bush e Bethany Joy Lenz, suas colegas de elenco em “One Tree Hill”. Durante a conversa, Bush disse que acreditava que o papel principal de Murray na série contribuiu para sua capacidade de defender Burton.

“Ele foi protegido como o número 1 na folha de chamadas”, disse ela. “Ele tinha mais poder, então ele poderia aparecer e empurrar nosso chefe para longe de você e entrar em uma briga. E estou feliz que ele fez isso. Quero que todos sigam esse exemplo.”

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

“Essa ideia de que desviar o olhar é correto – não, não é”, continuou Sophia Bush. “E graças a Deus, Hilarie, que você teve aquele momento com Chad, que já estava em desacordo com nosso chefe.”

Embora nunca tenha sido punido sobre as acusações de assédio no set, durante a produção de “One Tree Hill”, mais tarde Mark Schwahn foi demitido de outra série de ele criou, “The Royals”. Sua demissão aconteceu em 2017, após a roteirista Audrey Wauchope acusá-lo de assédio sexual durante o tempo que ela e sua colega, Rachel Specter, trabalharam em “One Tree Hill”.

A dupla logo se juntou a vários outros ex-membros do elenco e da equipe de “One Tree Hill”, incluindo Bush, Burton e Lenz, que assinaram uma carta aberta detalhando os assédios cometidos por Schwahn. Elas descreveram ter sido “manipuladas psicologicamente e emocionalmente”, “colocadas em posições desconfortáveis”, “ameaçadas” e sentindo-se “fisicamente inseguras” durante a série.

Depois disso, Mark Schwahn não encontrou mais emprego na indústria televisiva.

+Os melhores conteúdos no seu e-mail gratuitamente. Escolha a sua Newsletter favorita do Terra. Clique aqui!

Todos os Direitos Reservados
Developed By Old SchooL