Bastianini aprova “cauda de dinossauro” em moto da Ducati: “Melhorou frenagem”

Enea Bastianini ficou com o oitavo tempo na sexta-feira de treinos livres da MotoGP na Grã-Bretanha e acredita que...

revistabaiacu - 6 de agosto de 2022
Bastianini aprova “cauda de dinossauro” em moto da Ducati: “Melhorou frenagem”



A grande novidade das sessões de treinos livres para o GP da Grã-Bretanha de MotoGP foi levada pela Ducati, mais precisamente para as motos de Jorge Martín, da Pramac, e Enea Bastianini, que defende a Gresini. A fábrica italiana introduziu asas na parte de trás das motos, num visual que lembra a cauda de um estegossauro, e o #23 aprovou a mudança.

Na sexta-feira, Bastianini conseguiu ser o oitavo mais rápido do dia no TL2 e acredita que a mudança foi boa para o seu ganho de performance na pista. “A sensação é boa, no momento”, declarou o piloto ao ser questionado sobre a atualização.

“Vamos descobrir amanhã se é melhor ou não, porque tive de voltar para as configurações normais. Preciso testar novamente para ter mais informações”, acrescentou.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

O representante da Gresini admitiu que, de início, foi difícil entender o que estava diferente na moto, mas conseguiu perceber a mudança. “Minha primeira impressão é que melhorou na frenagem, é mais estável e também a velocidade não é ruim. Acho que pode nos ajudar na classificação. A Ducati me disse que me ajudaria nessa parte. Acho que a freada é o ponto mais forte dessas asas”, destacou.

Aprovações à parte, Bastianini terá de brigar pelas duas vagas restantes no Q2 para largar numa posição melhor em Silverstone. O piloto não conseguiu ficar entre os dez melhores no combinado de tempos após o TL3.

Mas se o #23 aprovou a modificação, Martín saiu da pista de Silverstone não muito confortável com o novo aparato aerodinâmico em sua moto e garantiu que não usaria a atualização no sábado. Vale lembrar que o piloto da Pramac corre com a moto de 2022, enquanto Bastianini ainda usa a da temporada passada.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.