China corta compulsório de bancos pela 1ª vez em 2023 para estimular crescimento

China corta compulsório de bancos pela 1ª vez em 2023 para estimular crescimento Confira!

China corta compulsório de bancos pela 1ª vez em 2023 para estimular crescimento

O banco central da China disse nesta sexta-feira que reduzirá a quantidade de dinheiro que os ...

China corta compulsório de bancos pela 1ª vez em 2023 para estimular crescimento
Imagem: Reprodução | Divulgação



O banco central da China disse nesta sexta-feira que reduzirá a quantidade de dinheiro que os bancos devem manter como reservas pela primeira vez neste ano para ajudar a manter a liquidez ampla e sustentar a recuperação econômica nascente.

Os líderes chineses prometeram intensificar o apoio à segunda maior economia do mundo, que está se recuperando gradualmente de uma crise induzida pela pandemia depois que as restrições contra o vírus foram suspensas abruptamente em dezembro.

O Banco do Povo da China disse que cortará em 25 pontos-base a taxa de compulsório para todos os bancos, exceto aqueles que implementaram uma taxa de reserva de 5%, a partir de 27 de março.

O banco central disse que o corte reflete sua intenção de “fazer uma boa combinação de políticas macro, melhorar o nível de serviços para a economia real e manter a liquidez razoavelmente suficiente no sistema bancário”.

O banco central prometeu tornar sua política monetária “precisa e contundente” este ano para apoiar a economia, mantendo a liquidez razoavelmente ampla e reduzindo os custos de financiamento para as empresas.

A redução segue-se a um corte de 25 pontos para todos os bancos em dezembro.

A taxa média ponderada de compulsório para instituições financeiras ficou em torno de 7,6% após o corte, informou o banco central.

A atividade econômica da China se recuperou nos primeiros dois meses de 2023, à medida que o consumo e o investimento em infraestrutura impulsionaram a recuperação dos distúrbios causados pela pandemia, mas as exportações permanecem fracas em meio à desaceleração global e o setor imobiliário atingido pela crise está lentamente começando a se estabilizar.

+Os melhores conteúdos no seu e-mail gratuitamente. Escolha a sua Newsletter favorita do Terra. Clique aqui!

Todos os Direitos Reservados
Developed By Old SchooL