Com VAR em ação, Brusque e Sampaio Corrêa ficam no empate pela Série B

Resultado pouco ajuda as equipes que estacionam na classificação, e ambas correm risco de descer alguns degraus na sequência...

revistabaiacu - 4 de agosto de 2022
Com VAR em ação, Brusque e Sampaio Corrêa ficam no empate pela Série B



Medindo forças pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, Brusque e Sampaio Corrêa entraram em campo na noite desta quinta-feira, no estádio Augusto Bauer, disposto a conquistar mais um triunfo. Com os mandantes saindo na frente com Alex Sandro, de pênalti, na primeira etapa o Tubarão chegou ao empate com Ygor Catatau já no segundo tempo. Porém, na reta final, o VAR anulou o gol de Patrick, mantendo o placar em 1 a 1 até o final.

Com o resultado, o time catarinense chegou aos 25 pontos, porém mantendo-se na 14ª colocação, enquanto o time maranhense, por conta do tropeço, seguiu na 8ª posição, agora com 29 pontos.

INÍCIO DE JOGO POUCO MOVIMENTADO

Atuando longe de seus domínios, a equipe do Sampaio Corrêa não queria saber de ser surpreendida pelo Brusque. Com isso, logo na primeira tentativa, aos 2 minutos de jogo, Ygor Catatau finalizou forte contra o com gol rival, porém sem perigo ao goleiro Jordan.

Na sequência, até meados dos 30 minutos, apesar dos mandantes ficarem mais com a posse de bola, pouco conseguiam criar jogadas de perigo. Sendo assim, o Tubarão aproveitou o momento e voltou a ter uma boa chance, desta vez com Alex Ruan e Éverton Alemão, porém ambas sem sucesso.

CATARINENSES ABREM O MARCADOR

Mesmo com poucas chances até então, aos 34 minutos as coisas mudaram para o lado do Quadricolor. Após Airton levantar a bola na área, a bola cabeceada chegou a bater na mão de Ferreira. Chamado ao VAR para analisar o lance, o árbitro então optou pela marcação, dando amarelo ao volante. Na cobrança, Alex Sandro bateu com categoria para tirar o zero do placar com direito a comemoração com seus companheiros de time.

SAMPAIO CONSEGUE O EMPATE

Na volta para a etapa complementar, o time maranhense resolveu adotar uma postura mais ofensiva. E se deu bem. Logo aos 2 minutos, Ygor Catatau, aproveitando cruzamento na área, mandou para o fundo da rede, deixando tudo igual no Augusto Bauer.

Com o marcador igualado, o técnico Luan Carlos então resolveu apostar em algumas mudanças. Entretanto, apesar de renovar o gás em campo, pouco viu seus atletas finalizarem com perigo contra o gol de Jordan, que manteve-se tranquilo até meados dos 30 minutos.

MANDANTES VOLTAM A MARCAR, MAS VAR ANULA

Com o empate, o time da casa não queria saber de somar apenas um ponto. Até que aos 33 minutos, Patrick conseguiu deixar sua marca, deixando o Bruscão em vantagem pela segunda vez no duelo. Porém, com o VAR em ação novamente, a arbitragem acabou anulando o tento, flagrando impedimento do atacante.

Já na reta final do jogo, poucos foram os momentos de perigo. Com ambos os lados criando pouco, foi a deixa para o árbitro, aos 50 minutos, soprar o apito encerrando o duelo no Augusto Bauer.

FICHA TÉCNICA

Brusque 1×1 Sampaio Corrêa

Data e horário: 04/08/2022 – 19h (de Brasília)

Local: Estádio Augusto Bauer, em Brusque (SC)

Árbitro: Leonilson Fernandes Trigueiros Filho (RN)

Assistentes: Vinicius Melo de Lima (RN) e João Henrique Queiroz da Silva (RN)

VAR: Daniel Nobre Bins (RS)

Cartões amarelos: Wagner Balotelli, 17’/1ºT; Ferreira, 36’/1ºT; Fernandinho, 14’/2ºT; Rodolfo Potiguar, 18’/2ºT; Gabriel Taliari, 44’/2ºT; Lucas Araújo, 44’/2ºT

Gols: Alex Sandro, 38’/1ºT (1-0); Ygor Catatau, 2’/2ºT (1-1)

BRUSQUE: Jordan; Edilson, Éverton Alemão, Wallace (Bruno Aguiar, no intervalo), Airton; Balotelli (Zé Mateus, 8’/2ºT), Rodolfo e Álvaro (Gabriel Taliari, 29’/2ºT); Alex Ruan (Paulo Baya, aos 8’/2ºT), Fernandinho (Patrick, aos 17’/2ºT) e Alex Sandro. (Técnico: Luan Carlos)

SAMPAIO CORRÊA: Gabriel Batista; Mateusinho, Allan Godoi, Joécio; Lucas Hipólito, André Luiz (Eloir, 38’/2ºT), Lucas Araújo, Ferreira (Lucas Araújo, no intervalo) e Rafael Vila (Léo Tocantins, aos 26’/2ºT); Ygor Catatau (Renatinho, 26’/2ºT) e Gabriel Poveda (Rafael Costa, aos 40’/2ºT). (Técnico: Léo Condé)