Confiança empresarial na Alemanha piora mas não há sinais de recessão, aponta Ifo

A confiança empresarial alemã caiu mais do que o esperado em junho, mas uma recessão ainda não ...

revistabaiacu - 24 de junho de 2022




A confiança empresarial alemã caiu mais do que o esperado em junho, mas uma recessão ainda não está à vista apesar do aumento dos preços da energia e da ameaça de escassez de gás, mostrou pesquisa nesta sexta-feira.

O Instituto Ifo disse que seu índice de clima de negócios caiu para 92,3 após leitura de 93,0 em maio, quando o indicador registrou uma recuperação inesperada apesar do impacto econômico da guerra entre Rússia e Ucrânia.

Pesquisa da Reuters apontava expectativa de queda a 92,9 em junho.

“Apesar do aumento da incerteza, não há sinais de recessão no momento”, disse o especialista do Ifo Klaus Wohlrabe à Reuters. “Entretanto, a ameaça de falta de gás aumentou significativamente a incerteza entre as empresas.”

Nem todos os setores estavam sofrendo da mesma forma, já que a indústria e o varejo sofreram impactos significativos enquanto havia uma clara melhora no setor de serviços, que não é mais afetados pelos lockdowns contra a Covid-19, mostraram os dados.

Entretanto, os gargalos no fornecimento – que estão atrasando os fabricantes de automóveis, por exemplo – diminuíram apenas minimamente e a inflação alta continuou a suprimir os gastos dos consumidores, disse Wohlrabe.