Criciúma vence, afunda o Vila Nova e cola no G4 da Série B

Resultado coloca a equipe catarinense na briga pelo acesso da competição; goianos seguem na lanterna

revistabaiacu - 25 de junho de 2022
Criciúma vence, afunda o Vila Nova e cola no G4 da Série B



Medindo forças pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, Criciúma e Vila Nova entraram em campo na manhã deste sábado (25), no estádio Heriberto Hülse. E os mandantes se deram melhor. Ainda na etapa inicial, em cobrança de pênalti, Marquinhos Gabriel garantiu a vitória ao clube de Santa Catarina, resultado esse que o fez subir na classificação.

Sendo assim, o time comandado por Claudio Tencati chegou aos 19 pontos, pulando para a 6ª colocação. Já os goianos, por conta do tropeço fora de casa, acabaram estacionando na lanterna com seus 11 pontos somados até então.

CRÍCIUMA ABRE O PLACAR AINDA NA ETAPA INICIAL

Fazendo valer o fator casa, a equipe do Criciúma iniciou o duelo indo para cima do Vila Nova. Porém, até meados dos 15 minutos, apesar de manter mais a posse de bola, pouco criava jogadas que assustavam o goleiro Tony, já que a defesa adversária conseguia afastar o perigo.

Na sequência, seguindo melhor, os donos da casa tiveram uma grande oportunidade a seu favor. Com o árbitro consultando o VAR no lance com Alex Silva, flagrando uma mão na bola do lateral, Marquinhos Gabriel cobrou com precisão para abrir a contagem.

VILA NOVA CORRE ATRÁS DO PREJUÍZO

Não conformado com a penalidade marcada, o técnico da equipe goiana, Dado Cavalcanti, reclamando muito com a arbitragem, acabou sendo expulso minutos depois. Mesmo passando por um momento turbulento no jogo, os visitantes foram atrás do gol de empate, porém desperdiçando chances como foi a de Ralf, aos 41, que ao arriscar um chute de fora da área, viu a bola passar muito próxima ao gol rival, mantendo o placar em 1 a 0.

MANDANTES TENTAM AUMENTAR A VANTAGEM

Com apenas o Criciúma voltando com alterações para a etapa final, o panorama foi basicamente o mesmo do primeiro tempo. Apesar de uma tentativa por parte do Vila com Arthur Rezende, Thiago Alagoano, Lucas Xavier e Felippe Matheus e Arilson, bem que tentaram, mas não conseguiram ampliar o placar para o Tigre.

TIME GOIANO PRESSIONA, MAS NÃO OBTÉM SUCESSO

Com o tempo passando, os visitantes mostravam que não estavam dispostos a sair de campo com o revés. Sendo assim, passou a buscar mais o ataque conseguindo criar boas jogadas em sequência, porém esbarrando nas boas defesas do goleiro Gustavo como nos chutes de Pablo e Arthur Rezende.

Na reta final, apesar de mais algumas substituições, porém agora dos dois lados, a partida seguiu disputada. Mesmo com o Criciúma tentando matar o jogo, o Tigre goiano ainda apostou suas últimas fichas atrás do empate, mas viu a arbitragem, aos 50 minutos, encerrar o duelo no Heriberto Hülse.

FICHA TÉCNICA

CRICIÚMA 1×0 VILA NOVA

Data e horário: 25/06/2022 – 11h30 (de Brasília)

Local: Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC)

Árbitro: Paulo Henrique Schleich Vollkopf (MS)

Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Marcelo Grando (MS)

VAR: Márcio Henrique de Gois (SP)

Cartões amarelos: Alex Silva, 26’/1ºT; Marquinhos Gabriel, 46’/1ºT; Pablo, 7’/1ºT

Cartões vermelhos: Dado Cavalcanti, 30’/1ºT

Gols: Marquinhos Gabriel, 28’/1ºT (1-0)

CRICIÚMA: Gustavo; Claudinho (Cristovam, aos 43’/2ºT), Rodrigo, Kadu e Marcelo Hermes; Rômulo (Léo Costa, aos 24’/2ºT) e Arilsol e Felippe Matheus e Marquinhos Gabriel (Lucas Xavier, no intervalo); Thiago Alagoano (Renan Bressan, aos 24’/2ºT) e Caio Dantas (Hygor, aos 34’/2ºT). (Técnico: Claudio Tencati)

VILA NOVA: Tony; Alex Silva, Rafael Donato, Alisson Cassiano e Willian Formiga; Ralf (Rafinha, aos 31’/2ºT), Pablo Roberto (João Lucas, aos 38’/2ºT) e Arhtur Rezende; Pablo Diego, Diego Tavares (Matheuzinho, aos 18’/2ºT) e Rubens (Daniel Amorim, aos 31’/2ºT). (Técnico: Dado Cavalcanti)