Dólar tem pouca alteração ante real à espera de Powell

O dólar oscilava entre estabilidade e leve alta contra o real na manhã desta quarta-feira, com ...

revistabaiacu - 22 de junho de 2022




O dólar oscilava entre estabilidade e leve alta contra o real na manhã desta quarta-feira, com os mercados operando em modo de espera antes de audiência do chair do Federal Reserve, Jerome Powell, que pode fornecer mais pistas sobre a trajetória de aperto monetário do banco central dos Estados Unidos.

Às 9:39 (de Brasília), o dólar à vista avançava 0,22%, a 5,1645 reais na venda.

Na B3, às 9:39 (de Brasília), o contrato de dólar futuro de primeiro vencimento subia 0,66%, a 5,1780 reais.

A movimentação estava alinhada ao desempenho internacional do dólar, cujo índice frente a uma cesta de moedas fortes tinha leve alta nesta quarta-feira. As divisas de Austrália, Chile e África do Sul, pares arriscados que o real costuma acompanhar, registravam baixa no dia.

Guilherme Esquelbek, analista da Correparti Corretora, citou um retorno dos mercados internacionais ao mau humor visto na semana passada, com as principais bolsas de valores do mundo operando no vermelho nesta manhã “em meio a temores sobre uma possível recessão não apenas nos Estados Unidos, mas na economia global”.

A atividade econômica começou a preocupar os mercados de forma mais expressiva depois que o Federal Reserve endureceu sua postura de política monetária. Há exatamente uma semana, o banco central norte-americano elevou seus juros básicos no ritmo mais intenso desde 1994, em 0,75 ponto percentual, numa tentativa de domar a maior inflação em décadas.

Juros mais altos costumam restringir o crescimento econômico, já que tendem a reduzir os gastos do consumidor. Além disso, tornam o mercado de renda fixa de seu país mais atraente, o que, no caso dos EUA, é fator de impulso para o dólar.

Nesta quarta-feira, às 10h30, o chair do Fed, Jerome Powell, dará depoimento ao Congresso dos EUA, podendo fornecer mais indicações sobre os próximos passos de política monetária do banco central. Sua fala deve ditar o comportamento do dólar ao longo do dia, afirmou Esquelbek, da Correparti.

No âmbito doméstico –que pode ficar em segundo plano na sessão devido à expectativa por Powell–, o especialista disse que o foco continuará sobre os desdobramentos envolvendo a troca de comando da Petrobras.

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quarta-feira que o futuro presidente da estatal Caio Mário Paes de Andrade deverá trocar toda a diretoria da empresa quando assumir o posto, e que o conselho de administração da petroleira poderá alterar a política de preços que prevê a paridade com a cotação internacional do petróleo.

Na véspera, o dólar spot fechou em queda de 0,67%, a 5,1533 reais na venda.