Exposição no interior de São Paulo exibe 25 reproduções de camisas utilizadas por Pelé

Exposição no interior de São Paulo exibe 25 reproduções de camisas utilizadas por Pelé Confira!

Exposição no interior de São Paulo exibe 25 reproduções de camisas utilizadas por Pelé

Exibição gratuita expõe réplicas de modelos utilizados no Santos e na seleção brasileira

Exposição no interior de São Paulo exibe 25 reproduções de camisas utilizadas por Pelé
Imagem: Reprodução | Divulgação



Com o intuito de homenagear Pelé, a coleção “Pai e filho, história da realeza contada através de camisas” está sendo exposta ao público na cidade de Marília-SP, que fica a 433 km de São Paulo. A homenagem coincide com um momento delicado da vida do Rei. Internado no Hospital Albert Einstein, ele enfrenta um tumor no cólon e tem recebido apoio de amigos, filhos e familiares.

A exibição conta a história do Rei por meio de 25 uniformes e traz réplicas de modelos utilizados no Santos, na seleção brasileira e em outras equipes em que ele atuou desde a infância. Reproduções de camisas históricas, como as utilizadas pelo craque nas Copas do Mundo da Suécia (1958), Chile (1962) e México (1970), estão disponíveis para visitação. Há também peças utilizadas por Dondinho, pai de Pelé, em clubes como Vasco da Gama e Atlético-MG.

A exibição traz ainda camisas usadas por Pelé na seleção militar, em sua despedida do Santos, em equipes amadoras e no New York Cosmos, equipe norte-americana em que o Rei também atuou.

Dentre os mantos utilizados no Peixe, está a que ele vestiu contra o Vasco em novembro de 1969, quando marcou o gol de número mil na carreira. Há também a do Mundial Interclubes de 1962, em que a equipe santista, comandado por Pelé, Coutinho e Pepe, bateu o Benfica de Eusébio por 5 a 2 no Estádio da Luz, em Lisboa.

Com início na última segunda-feira, a exposição gratuita continuará até o dia 8 de janeiro e está disponível de segunda a sexta, das 9h às 20h, no Colégio Esmeraldas, em Marília-SP. Responsável pela coleção, o dentista Pérsio Nicoletti conta que o acervo era algo familiar, mas os pedidos dos amigos para conhecerem os uniformes foram a motivação para organizar a exposição.

– As camisas são resultado de uma pesquisa de quatro anos e são réplicas. com o mesmo tecido e etiqueta que foram utilizadas no passado. Todas são da marca Athleta, que era responsável pela produção dos uniformes da época. A história do Pelé contada em camisas traz desde o infantil, quando ele jogava em Bauru, até o final da carreira dele, nos Estados Unidos – contou Nicoletti.

– Infelizmente, a exposição coincide com o agravamento da doença do Rei. É um trabalho que foi feito durante anos e está sendo exposto neste momento tão delicado. Eu espero poder contar histórias dele para as pessoas com ele em vida, são momentos que ele passou que muita gente não conhece – completou o dentista.

Um desses momentos inusitados contados pela exposição por meio das camisas é a atuação de Pelé como goleiro. Em quatro oportunidades o Rei atuou na posição, e passou ileso em todas elas. Em 19 de janeiro de 1964, diante do Grêmio, após balançar a rede três vezes na linha, ele precisou ir para o gol com a expulsão de Gylmar, dono da meta do Peixe na época. Com duas defesas na etapa final, ele garantiu a classificação do Alvinegro para a semifinal da Taça Brasil.

Jogos de Pelé como goleiro, de acordo com o Centro de Memória e Estatística do Santos:

4/11/1959 – Santos 4 x 2 Comercial, Campeonato Paulista

19/1/1964 – Santos 4 x 3 Grêmio, Taça Brasil

14/11/1969 – Santos 3 x 0 Botafogo/PB, Amistoso

19/6/1973 – Santos 4 x 0 Baltimore Bays, Amistoso

+Os melhores conteúdos no seu e-mail gratuitamente. Escolha a sua Newsletter favorita do Terra. Clique aqui!

Todos os Direitos Reservados
Developed By Old SchooL