Foggia voa no final, bate Guevara e lidera sexta-feira de treinos da Moto3. Moreira é 13º

Dennis Foggia confirmou o bom ritmo nesta sexta-feira (13) ao liderar as duas sessões de treinos livres da Moto3....

revistabaiacu - 13 de maio de 2022
Foggia voa no final, bate Guevara e lidera sexta-feira de treinos da Moto3. Moreira é 13º



SUZUKI DETONA BOMBA NA MOTOGP COM ANUNCIO DE SAÍDA EM 2022

Numa sessão de muitas quedas, a batalha pela liderança desta sexta-feira de treinos livres da Moto3 foi entre Dennis Foggia e Izán Guevara. O italiano, líder da primeira sessão, foi ameaçado por Guevara em boa parte do treino. Mas, na última volta, o #7 não deixou dúvidas: baixou para 1min41s680, a 0s428 do espanhol e terminou o dia no topo.

Izán foi segundo colocado. Tatsuki Suzuki, companheiro de Foggia, fechou as três primeiras posições. Carlos Tatay e Jaume Masià ficaram no quarto e quinto lugares, respectivamente.

Dennis Foggia também liderou o TL2 (Foto: Leopard Racing)

Andrea Migno, Elia Bartolini, Ryusei Yamanaka, Ricardo Rossi e Ayumu Sasaki fecharam o top-10. O brasileiro Diogo Moreira caiu logo nas primeiras voltas do TL2 e, por isso, melhorou pouco seu tempo. Terminou em 13º.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

A Moto3 define o grid de largada do GP da Argentina às 07h35 (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2022.

Com a presença do sol, a Moto3 abriu as atividades em Le Mans. A temperatura estava na casa dos 20°C, com 30°C no asfalto. Dennis Foggia comandou a primeira sessão de treinos, com 1min42s184, seguido por Tatsuki Suzuki. Andrea Migno, Izán Guevara e Ryusei Yamanaka fecharam o top-5. Diogo Moreira foi nono colocado.

Antes mesmo de aferir suas marcas, Sergio García e Diogo Moreira sofreram quedas. No entanto, logo se levantaram não apresentando lesões sérias. O primeiro a marcar o melhor tempo do TL2 foi Jaume Masià com 1min44s153. Izán Guevara logo baixou para 1min43s529.

A sessão continuou com algumas quedas: Deniz Öncü, Gerard Riu Malle (que foi levado para uma checagem médica), Tayio Furusato e Lorenzo Fellon. Enquanto isso, na briga pela ponta, quem ameaçava Guevara — que melhorou o seu tempo para 1min42s792 — eram as duas motos da Leopard, com Foggia e Suzuki no encalço.

A 26 minutos para o final, Moreira ainda não havia voltado para o treino. Lá na frente, o italiano da moto #7 bateu Guevara pela liderança com 1min42s777, a apenas 0s025 do espanhol. E foi ele quem melhorou seu tempo minutos depois com 1min42s675.

Carlos Tatay foi aos poucos escalando o pelotão para assumir a liderança. Anotou 1min42s326, apenas 0s142 do melhor tempo do dia. Ricardo Rossi foi o sétimo piloto a sofrer queda, mas também se levantou sem lesões.

Mas foi a menos de cinco minutos para o fim que o vice-campeão de 2021 bateu seu próprio tempo: 1min41s962, deixando Guevara a 0s146. Na última volta, Foggia reiterou o bom ritmo desta sexta-feira ao diminuir para 1min41s680 e ficar com a ponta.

BASTIANINI, MARTÍN OU MILLER: QUEM FICA COM A VAGA NA DUCATI NA MOTOGP EM 2023?

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.