Governadora eleita do Arizona pede que tribunal puna candidata rival por negar resultado

Governadora eleita do Arizona pede que tribunal puna candidata rival por negar resultado Confira!

Governadora eleita do Arizona pede que tribunal puna candidata rival por negar resultado

A governadora eleita do Estado norte-americano do Arizona, Katie Hobbs, pediu a um tribunal ...

Governadora eleita do Arizona pede que tribunal puna candidata rival por negar resultado
Imagem: Reprodução | Divulgação



A governadora eleita do Estado norte-americano do Arizona, Katie Hobbs, pediu a um tribunal nesta segunda-feira que puna a candidata republicana derrotada Kari Lake por sua tentativa fracassada de anular os resultados da eleição ao governo estadual.

Um juiz do Arizona rejeitou no sábado o processo de Lake, que contestava a contagem e a certificação da disputa eleitoral de novembro em uma tentativa de ser declarada vencedora, apesar da falta de evidências de fraude eleitoral.

Hobbs juntou-se a uma moção do condado de Maricopa para sanções contra Lake e seus advogados, na qual o vice-procurador do condado, Thomas P. Liddy, escreveu que Lake entrou com um processo “infundado” por uma “perseguição frívola”, mostraram documentos do tribunal.

“Já chega”, escreveu Liddy na moção apresentada na segunda-feira. “Já passou da hora de acabar com os ataques infundados às eleições e acusações injustificadas contra funcionários eleitorais.”

A moção do condado de Maricopa “não tinha base na lei ou no fato”, escreveram os advogados de Lake em uma resposta apresentada na noite de segunda-feira, pedindo ao tribunal que negasse o pedido de sanções.

“A confiança no processo eleitoral não é promovida pela punição daqueles que apresentam reivindicações legítimas, como a autora fez aqui”, disse o documento do tribunal apresentado pelos advogados de Lake. “Na verdade, sancionar a autora teria o efeito oposto.”

As sanções seriam na forma de uma penalidade financeira imposta por um juiz por violação de uma regra do tribunal ou má conduta.

O processo de Lake tinha como alvo Hobbs, que atualmente é secretária de Estado do Arizona e se tornará governadora na próxima semana, junto com altos funcionários do condado de Maricopa. Seu processo afirmava que “centenas de milhares de cédulas ilegais infectaram a eleição” em Maricopa, o condado mais populoso do Estado.

+Os melhores conteúdos no seu e-mail gratuitamente. Escolha a sua Newsletter favorita do Terra. Clique aqui!

Todos os Direitos Reservados
Developed By Old SchooL