Governo do Estado de SP decreta luto de 7 dias por morte de Pelé

Governo do Estado de SP decreta luto de 7 dias por morte de Pelé Confira!

Governo do Estado de SP decreta luto de 7 dias por morte de Pelé

Governador Rodrigo Garcia lamenta perda do 'maior gênio do esporte'

Governo do Estado de SP decreta luto de 7 dias por morte de Pelé
Imagem: Reprodução | Divulgação



O governador do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia, decretou luto de sete dias pela morte de Pelé. O Rei do Futebol faleceu nesta quinta-feira após não resistir a um câncer no cólon. Ele estava internado desde o fim de novembro no Hospital Albert Einstein, na capital paulista.

“Pelé é o maior nome dos muitos atletas que conduziram o Brasil à glória do futebol mundial, o maior gênio do esporte, um embaixador global da nossa arte, talento e simpatia”, disse o governador, antes de fazer referência aos laços de Pelé com o Estado de São Paulo.

Pelé nasceu na cidade mineira de Três Corações, mas passou a maior parte da vida no estado vizinho, principalmente nas cidades de Bauru e Santos, onde levou o time da cidade ao estrelato mundial na década de 60.

“Mineiro de nascimento, Pelé está eternamente ligado a São Paulo. Iniciou sua carreira pelo Bauru, onde se consagrou campeão infanto-juvenil, e depois conquistou todos os títulos estaduais, nacionais e mundiais pelo Santos, clube que o contratou como profissional, com apenas 15 anos”, lamentou o governador.

O decreto do luto será publicado no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira. “Em homenagem ao maior mito do futebol brasileiro, estou decretando luto oficial de sete dias. Meus sentimentos a familiares e amigos e ao Santos Futebol Clube, seu clube de paixão. A memória de Pelé seguirá nos acompanhando rumo aos novos títulos da seleção brasileira”, afirmou Garcia.

A prefeitura de Santos também anunciou luto oficial de sete dias. “Pelé é imortal. Seus feitos estão gravados na primeira página da história da humanidade. O Rei do Futebol, o maior atleta de todos os tempos, sempre estará em nossos corações e em nossa memória como um mago da bola”, afirmou o prefeito Rogério Santos.

Ele destacou a importância do Rei para o time do Santos. “(Foi) Alguém que escreveu o bê-á-bá do futebol-arte com determinação e muito talento. Que impressionará eternamente as gerações com suas jogadas extraordinárias e sua história tão peculiar: do menino craque, humilde, que junto com o maior time do mundo, o Santos Futebol Clube, encantou o planeta. Perdemos o Edson que, como dizia o próprio Rei, era um homem comum. O Edson descansou, mas o Pelé, com todo o seu encanto, nunca morrerá. Viva Pelé. Obrigado por toda a emoção e alegria que trouxe para nós. Pelé é eterno em nossa memória e coração”.

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, também lamentou a morte do Rei. “O mundo perdeu hoje uma das personalidades mais emblemáticas de todos os tempos. Edson Arantes do Nascimento, ou simplesmente Pelé, era sinônimo de atleta. Considerado o Rei do Futebol, ele certamente ficará marcado como um dos brasileiros mais conhecidos mundo afora”, afirmou, em nota.

“Com a bola nos pés, foi tricampeão mundial, entre outras dezenas de títulos conquistados, e anotou mais de 1.280 gols. Além das marcas nunca alcançadas, Pelé eternizou jogadas incríveis que jamais sairão da memória dos apaixonados pelo esporte mais popular do planeta. Neste momento de profunda dor e tristeza em todo o mundo, manifesto meu pesar a familiares, amigos e fãs desta referência mundial no futebol.”

+Os melhores conteúdos no seu e-mail gratuitamente. Escolha a sua Newsletter favorita do Terra. Clique aqui!

Todos os Direitos Reservados
Developed By Old SchooL