Hegemônico na Espanha, Barcelona busca a tríplice coroa pelo segundo ano consecutivo no futebol feminino

Equipe liderada por Alexia Putellas encara o Lyon neste sábado na final da Champions League. Catalães já conquistaram La...

revistabaiacu - 21 de maio de 2022
Hegemônico na Espanha, Barcelona busca a tríplice coroa pelo segundo ano consecutivo no futebol feminino



O Barcelona busca a tríplice coroa no futebol feminino pelo segundo ano consecutivo. A equipe liderada por Allexia Putellas, eleita a melhor jogadora do mundo em 2021, encara o Lyon na decisão da Champions League neste sábado, em Turim, no Juventus Stadium, às 16h, de olho no bicampeonato da competição.

De olho na construção de uma hegemonia em âmbito continental, o Barça mantém uma dinastia a nível nacional. Nesta temporada, já confirmou o título do Campeonato Espanhol pela terceira vez consecutiva e está na semifinal da Copa da Rainha, onde também busca a terceira taça seguida.

DONAS DA ESPANHA

O título nacional do Barcelona em 2021/22 veio com números que assombram o mundo do futebol. Após 30 partidas disputadas, o time comandado por Jonatan Giráldez venceu todos os jogos, com direito a 159 gols marcados e apenas 11 sofridos.

Na Copa da Rainha, o Barcelona entrou na competição apenas nas oitavas de final, mas não teve dificuldades para deixar os adversários para trás. Primeiro, eliminou o Rayo Vallecano, por 3 a 1; depois, a Real Sociedad, por 3 a 0. No próximo dia 25, encara o Real Madrid, na última etapa antes da decisão.

XODÓS DA TORCIDA

Além da hegemonia doméstica, o Barcelona também tenta se impor no continente. Após conquistar sua primeira Champions, em 2021, ao bater o Chelsea na final, as culés chegaram em sua segunda decisão consecutiva em uma campanha que levou recordes de público ao Camp Nou.

O primeiro registro de impacto foi nas quartas de final. Na vitória por 5 a 2 contra o Real Madrid, em março, 91.553 torcedores compareceram ao estádio para assistir ao show das meninas barcelonistas. Quase um mês depois, na semifinal contra o Wolfsburg, mais 91.648 apoiaram a equipe na goleada por 5 a 1.

UM OLHO NO PEIXE, OUTRO NO GATO

O Barcelona terá pela o forte time do Lyon. Em 20 edições disputadas da Champions League feminina até aqui, o clube francês conquistou o troféu em sete oportunidades. Em 2018/2019, o Lyon foi campeão justamente em cima do Barcelona, que buscava um inédito troféu. Portanto, a final deste sábado terá um gostinho de revanche no lado catalão.

No entanto, enquanto o Barcelona tem foco total na Champions League, o Lyon ainda briga pela conquista do Campeonato Francês. Líder da competição com 58 pontos, está numa disputa acirrada com o PSG, vice-líder com 53. No próximo dia 29, as equipes se enfrentam em Paris.

Na Copa da França, o Lyon caiu nas oitavas de final justamente diante do Paris Saint-Germain. Por conta disso, o duelo pela D1 Feminine vale muito, uma vez que as vice-líderes podem cortar a diferença para dois pontos restando apenas a última rodada.

Com isso, enquanto o Barcelona visa mostrar força no cenário mundial e seguir com a evolução vista nos últimos anos, o Lyon busca recuperar o protagonismo na Europa com o oitavo título na história.