Japão perde quarto ministro após formação de ministério em agosto

Japão perde quarto ministro após formação de ministério em agosto Confira!

Japão perde quarto ministro após formação de ministério em agosto

O ministro da Reconstrução do Japão, Kenya Akiba, apresentou sua renúncia ao primeiro-ministro, ...

Japão perde quarto ministro após formação de ministério em agosto
Imagem: Reprodução | Divulgação



O ministro da Reconstrução do Japão, Kenya Akiba, apresentou sua renúncia ao primeiro-ministro, Fumio Kishida, nesta terça-feira, tornando-se o quarto ministro a deixar o gabinete nomeado pelo premiê em agosto.

Três outros ministros renunciaram sucessivamente devido a escândalos, alguns envolvendo financiamento e laços com a Igreja da Unificação.

Os vínculos estreitos do governante Partido Liberal Democrata com o grupo religioso foram revelados após o assassinato do ex-premiê Shinzo Abe e foram citados por entrevistados em pesquisas de opinião pública como uma razão por trás dos baixos índices de aprovação de Kishida.

“Levo muito a sério minha responsabilidade como aquele que nomeia (os ministros)”, disse Kishida aos repórteres após confirmar que Akiba havia renunciado.

Os partidos de oposição acusaram Akiba de envolvimento em violações da lei eleitoral e de laços com a Igreja da Unificação, embora Akiba tenha negado qualquer irregularidade.

“Não houve uma única coisa que eu tenha feito que violasse a lei”, disse Akiba a repórteres reunidos no gabinete do primeiro-ministro depois que ele apresentou sua renúncia a Kishida.

“Foi uma decisão difícil de tomar, mas apresentei minha renúncia ao primeiro-ministro porque senti que não deveria atrapalhar os debates no parlamento”, acrescentou.

Akiba será substituído pelo ex-ministro da Reconstrução Hiromichi Watanabe, disse Kishida.

Aumentaram as especulações de que Kishida planeja reformar seu ministério no início do próximo mês para aumentar sua popularidade, com o jornal Sankei relatando na sexta-feira que alguns membros do partido governista sugeriram 10 de janeiro como uma data possível.

+Os melhores conteúdos no seu e-mail gratuitamente. Escolha a sua Newsletter favorita do Terra. Clique aqui!

Todos os Direitos Reservados
Developed By Old SchooL