Lenda astronômica: NASA homenageia Pelé com galáxia verde, amarela e azul

Lenda astronômica: NASA homenageia Pelé com galáxia verde, amarela e azul Confira!

Lenda astronômica: NASA homenageia Pelé com galáxia verde, amarela e azul

Após a notícia da morte de Pelé, a NASA homenageou o Rei do Futebol com a foto de uma galáxia com as cores da bandeira brasileira; confira

Lenda astronômica: NASA homenageia Pelé com galáxia verde, amarela e azul
Imagem: Reprodução | Divulgação



Se alguém ainda duvidava da soberania do Rei do Futebol, a própria NASA publicou uma homenagem ao craque em suas redes sociais. A foto de uma galáxia com as cores verde e amarelo sinalizam o respeito e admiração por Edson Arantes do Nascimento, o Pelé.

A notícia da morte de Pelé abalou não só os fãs do futebol no Brasil, mas em todo o mundo. O ex-jogador lutava contra uma doença crônica, o câncer de cólon, no hospital de São Paulo, onde foi internado no dia 29 de novembro.

Na semana passada, os médicos comunicaram que o câncer estaria progredindo. Exatamente um mês após o internamento, uma falha múltipla do órgãos atrelada à doença o levou à morte, aos 82 anos.

Desde então, fãs do esporte em todo o mundo publicam suas homenagens à lenda, demonstrando admiração a um Rei que, mesmo após 45 anos sem atuar oficialmente no gramado, não perdeu sua majestade.

As homenagens também estão presentes no mundo da astronomia, com destaque para a publicação da NASA, que você confere abaixo.

We mark the passing of the legendary Pelé, known to many as the king of the “beautiful game.” This image of a spiral galaxy in the constellation Sculptor shows the colors of Brazil. pic.twitter.com/sOYfKdTeAJ

— NASA (@NASA) December 29, 2022

Na imagem, a galáxia espiral localizada na constelação do Escultor apresenta as cores que fazem referência à bandeira que a lenda esportiva defendeu na seleção brasileira. Estrelas amarelas e verdes estão no núcleo, enquanto estrelas azuis orbitam no espaço espiral externo da galáxia.

O fenômeno chamado Pelé impactou o mundo durante toda a sua carreira. Em 1969, durante excursão do Santos à África, a simples presença de Pelé paralisou uma guerra entre o Congo Kinshasa, atual República Democrática do Congo, e Congo Brazzaville, atual Congo.

Durante os nove dias em que aconteceram cinco jogos, não houve guerra e Pelé marcou sete gols. A homenagem com tema astronômico é mais que merecida. Afinal, a majestade do Rei do Futebol é, de fato, cósmica.

Trending no Canaltech:

+Os melhores conteúdos no seu e-mail gratuitamente. Escolha a sua Newsletter favorita do Terra. Clique aqui!

Todos os Direitos Reservados
Developed By Old SchooL