Luciana Gimenez revela que já sofreu assédio sexual 'mais de vinte vezes'

Luciana Gimenez revela que já sofreu assédio sexual 'mais de vinte vezes' Confira!

Luciana Gimenez revela que já sofreu assédio sexual ‘mais de vinte vezes’

A apresentadora disse em entrevista à Sônia Abrão que viveu muitas situações em que os homens eram 'muito agressivos'

Luciana Gimenez revela que já sofreu assédio sexual ‘mais de vinte vezes’
Imagem: Reprodução | Divulgação



Em entrevista à Sônia Abrão, no programa A Tarde É Sua (RedeTV!), Luciana Gimenez revelou que já sofreu assédio sexual. Segundo a apresentadora, os casos de abuso em sua vida são inúmeros e o primeiro aconteceu ainda na sua pré-adolescência. “Sofri assédio mais de 20 vezes, mas assédio grave”, disse.

Ela comentou que uma das primeiras vezes que se lembra de ter sido vítima de abuso sexual foi em uma festa familiar. “Um dos mais graves, eu devia ter uns 12 anos, acho. Uma amiga minha estava fazendo aniversário e deixei o meu casaco em um quartinho. Quando fui buscar, o pai da menina me agarrou”, relembrou.

A apresentadora disse que, atualmente, tem mais consciência sobre as situações traumáticas que vivenciou quando era mais jovem. “Hoje, vejo que eu era muito mais um objeto do que uma menina. Era muito mais sexualizada, né?”, refletiu. “Sem disso, essa coisa que o povo diz ‘ah, nossa, tem muito assédio nesse negócio de televisão, de modelo’. Acho que [o assédio] está presente em qualquer frente, em todo lugar”, completou.

Em sua carreira, Luciana Gimenez contou que se sentiu chantageada diversas vezes por ser mulher. “Sofri muito, [situações de] os outros falarem: ‘você fica comigo e vai ter a capa da revista’. Mas, assim, muitas vezes. Não era uma vez”, afirmou.

Ela também questionou o senso comum de que pessoas bonitas têm mais facilidade de ter sucesso na vida. “É uma coisa que, como tudo na vida, tem o lado bom e o ruim, né? (…) Não sei se a beleza abre todas as portas. Ela até abre, mas algumas portas erradas, né? [Como] esse tipo de coisa: ‘você vai jantar comigo para fazer a capa da revista’…”

Luciana ponderou que, no início de sua carreira, era mais difícil abordar esses temas e que muitas vezes se viu sozinha. “Sofria assédio e nem sabia que era [assédio]. Hoje em dia a gente põe a boca no trombone, denuncia, né? Mas, naquela época?! Imagina…”

+Os melhores conteúdos no seu e-mail gratuitamente. Escolha a sua Newsletter favorita do Terra. Clique aqui!

Todos os Direitos Reservados
Developed By Old SchooL