Lula anuncia últimos 16 ministros, confirma Tebet e Marina e dá pastas a MDB, PSD e União Brasil

Lula anuncia últimos 16 ministros, confirma Tebet e Marina e dá pastas a MDB, PSD e União Brasil Confira!

Lula anuncia últimos 16 ministros, confirma Tebet e Marina e dá pastas a MDB, PSD e União Brasil

Cada um dos três partidos de Centro ficou com três ministérios; PDT ficou com Previdência

Lula anuncia últimos 16 ministros, confirma Tebet e Marina e dá pastas a MDB, PSD e União Brasil
Imagem: Reprodução | Divulgação



BRASÍLIA – O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva anunciou nesta quinta-feira, dia 9, os últimos 16 ministros e completou a formação do primeiro escalão do futuro governo. Lula adiou os acordos políticos a até três dias da posse, para abrir espaço aos partidos de centro-direita, seu futuro Centrão, e ampliar a base de governabilidade no Congresso.

Na última leva de anúncios, ele também confirmou a entrada no governo de duas ex-presidenciáveis, Simone Tebet (MDB), ministra do Planejamento, e Marina Silva (Rede), que retorna ao Ministério do Meio Ambiente. Ambas são consideradas escolhas pessoais de Lula, em retribuição ao apoio e engajamento prático e simbólico delas na campanha.

Os principais partidos contemplados foram o MDB, o PSD e o União Brasil. Dando três ministérios a cada, Lula selou o acordo para que as legendas integrem o governo, mesmo diante de insatisfações no PT e em partidos pequenos não atendidos. Juntas, essas as siglas somam 143 deputados e 31 senadores.

Lula entregou o Ministério da Previdência Social ao presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, que havia sido ministro do Trabalho no governo Dilma Rousseff. O PDT disputou a Presidência com o ex-ministro Ciro Gomes, ex-aliado pessoal e hoje crítico de Lula.

A presidente do PT, Gleisi Hoffman, afirmou que na próxima semana vai começar a dialogar para compor o segundo escalão com partidos menores que ficaram sem ministérios. Avante, PV, Solidariedade e Pros serão contemplados com cargos. “Nenhum ministério é porteira fechada”, disse ela. “São partidos que estiveram conosco na caminhada, gostaríamos muito que tivessem ministérios, mas não foi possível. Vamos tentar contemplar”.

Segundo a presidente do PT, os presidentes da Petrobras, da Caixa e do Banco do Brasil ficarão para um segundo momento. Até pouco antes do anúncio dos ministros, havia a previsão de confirmação do senador Jean Paul Prates na petrolífera. Lula preferiu postergar de última hora.

Veja a lista de ministros anunciados por Lula:

Planejamento – Simone Tebet (MDB)

Meio Ambiente – Marina Silva (Rede)

Cidades – Jader Filho (MDB)

Transportes – Renan Filho (MDB)

Agricultura – Carlos Fávaro (PSD)

Pesca – André de Paula (PSD)

Minas e Energia – Alexandre Silveira (PSD)

Integração e Desenvolvimento Regional – Waldez Góes (governador do Amapá, do PDT, deve migrar para o União Brasil)

Turismo – Daniela do Waguinho (União Brasil)

Comunicações -Juscelino Filho (União Brasil)

Previdência – Carlos Lupi (PDT)

Desenvolvimento Agrário – Paulo Teixeira (PT)

Gabinete de Segurança Institucional – General Gonçalves Dias

Secretaria de Comunicação Social – Paulo Pimenta (PT)

Povos Indígenas – Sônia Guajajara (PSOL)

Esporte – Ana Moser

+Os melhores conteúdos no seu e-mail gratuitamente. Escolha a sua Newsletter favorita do Terra. Clique aqui!

Todos os Direitos Reservados
Developed By Old SchooL