Lulu Santos pede a criação de secretaria LGBTQIA+ e ministros respondem

Lulu Santos pede a criação de secretaria LGBTQIA+ e ministros respondem Confira!

Lulu Santos pede a criação de secretaria LGBTQIA+ e ministros respondem

Cantor fez declaração durante o programa The Voice Brasil, na noite de terça-feira, 27

Lulu Santos pede a criação de secretaria LGBTQIA+ e ministros respondem
Imagem: Reprodução | Divulgação



O cantor Lulu Santos pediu a Flávio Dino, nomeado futuro ministro da Justiça, a criação de uma secretaria LGBTQIA+. A declaração aconteceu durante a semifinal do programa The Voice Brasil, da Rede Globo, que foi ao ar na noite de terça-feira, 27.

“Eu queria lembrar ao novo ministro da Justiça que nosso país segue sendo o que mais mata pessoas LGBTQIA+. E que talvez nesse novo Ministério da Justiça coubesse uma secretaria para cuidar desse assunto”, disse Lulu, que é casado com Clebson Teixeira desde 2018.

Flávio Dino reagiu ao pedido do cantor pelas redes sociais. No Twitter, o futuro ministro disse que concorda com a posição de Lulu Santos, e que pretende viabilizar a ideia.

“Vou dialogar com o ministro dos Direitos Humanos, Silvio Almeida, a fim de que façamos um trabalho conjunto”, disse.

Almeida respondeu, por meio da mesma rede social, que a secretaria LGBTQIA+ já está criada e faz parte do organograma do Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania.

“Eu e o ministro Flávio Dino estamos absolutamente compromissados com a preservação da vida e da dignidade das pessoas LGBTQIA+”, disse. O cantor finalizou a conversa com uma resposta aos ministros: “Contamos com vocês”.

Lulu Santos fez a declaração após a apresentação de Makem, que cantou ‘De Volta Para o Meu Aconchego’, de Dominguinhos e Nando Cordel, música que ficou conhecida na voz de Elba Ramalho. A artista emocionou os jurados, mas não se classificou para a final do reality.

Emocionada, ela agradeceu a oportunidade. 

“No ‘The Voice’ eu fui superando medo atrás de medo, fui me reconhecendo, fui me abraçando, e sinto esse abraço do público”, agradeceu. “Poder interpretar Elba, o meu Nordeste, com orgulho e como um corpo LGBT tão judiado, eu estou mais do que feliz”.

+Os melhores conteúdos no seu e-mail gratuitamente. Escolha a sua Newsletter favorita do Terra. Clique aqui!

Todos os Direitos Reservados
Developed By Old SchooL