Lusail passa por reformas e deixa de sediar abertura da MotoGP pela 1ª vez desde 2007

Por reformas e uma remodelação do circuito de Lusail, o GP do Catar não será a etapa inaugural da...

revistabaiacu - 14 de maio de 2022
Lusail passa por reformas e deixa de sediar abertura da MotoGP pela 1ª vez desde 2007



BASTIANINI, MARTÍN OU MILLER: QUEM FICA COM A VAGA NA DUCATI NA MOTOGP EM 2023?

A temporada da MotoGP 2022 ainda está no início, mas já há novidades para 2023. Isso porque o circuito de Lusail, que sedia o GP do Catar, está passando por reformas e uma remodelação, o que significa que não estará realmente pronto para receber a etapa inaugural da classe rainha no ano que vem — algo que acontece desde 2007.

Segundo informa a própria categoria, ao invés de sediar as provas no começo, a etapa catari vai aparecer no final do calendário. As mudanças começarão ainda em 2022 e têm o objetivo de tornar o local mais moderno para receber os espectadores.

O BRASIL EM DUAS RODAS

MotoGP corre no Oriente Médio, no circuito de Lusail, no Catar (Foto: Divulgação/MotoGP)

Vale ressaltar que o Lusail tem contrato com a MotoGP até 2031. Ainda não a informação sobre qual etapa irá tomar a posição do Catar. A última vez em que uma corrida inaugural foi sediada fora do país foi em 2006, em Jerez de la Frontera.

Neste ano, Enea Bastianini surpreendeu a todos ao vencer a primeira corrida do ano, colocando uma equipe satélite à frente. O pódio em si também foi interessante: ao lado de Bastianiani, estiveram Brad Binder e Pol Espargaró.

A largada do GP da França de MotoGP, em Le Mans, sétima etapa da temporada, acontece no domingo, às 9h (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2022.

BASTIANINI, MARTÍN OU MILLER: QUEM FICA COM A VAGA NA DUCATI NA MOTOGP EM 2023?