McLaren vê Ferrari "competitiva" e acredita em "começo difícil" na Fórmula 1 2023

McLaren vê Ferrari "competitiva" e acredita em "começo difícil" na Fórmula 1 2023 Confira!

McLaren vê Ferrari “competitiva” e acredita em “começo difícil” na Fórmula 1 2023

Andrea Stella, chefe da McLaren, acredita que Ferrari, Red Bull e Mercedes estão em outra categoria e diz que time britânico tem muito a melhorar em 2023

McLaren vê Ferrari “competitiva” e acredita em “começo difícil” na Fórmula 1 2023
Imagem: Reprodução | Divulgação



A McLaren foi a única equipe a conquistar um pódio na temporada de 2022 da Fórmula 1 além das três principais equipes da categoria. A conquista de Lando Norris no GP da Emília-Romanha foi muito celebrada pelo time britânico, mas não criou ilusões internamente. Andrea Stella, que substitui Andreas Seidl como chefe da McLaren para 2023, sabe que Red Bull, Ferrari e Mercedes estão em outro nível.

“As equipes que vão vencer na próxima temporada da Fórmula 1 são a Ferrari, Red Bull e Mercedes, que atualmente competem em uma categoria diferente da nossa”, disse o italiano durante uma homenagem em sua cidade natal.

Ex-engenheiro da Ferrari, onde permaneceu até 2014, quando trocou de equipe junto de Fernando Alonso, Stella acredita que Charles Leclerc e Carlos Sainz terão um veículo bem rápido no início de 2023: “Sei que a Ferrari está muito contente com o carro novo e, portanto, seguramente terá um começo competitivo”, contou.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Já para sua própria equipe, Stella espera um cenário bem diferente. Andrea já afirmou que a McLaren precisa melhorar sua parte aerodinâmica e agora revelou que o time deve ter dificuldades no início de 2023. O dirigente acredita que a desvantagem do esquadrão britânico para as outras equipes possa ser de mais de um segundo.

“Para nós na McLaren, sigo esperando um começo difícil, mas sou otimista para a segunda metade da temporada. O objetivo principal é fazer um carro rápido. Neste sentido, é fundamental definir os objetivos”, explicou Andrea.

“Precisamos recuperar um segundo, um segundo e meio em relação aos demais. Em qualquer caso, precisamos ser realistas e ter consciência de que temos limitações estruturais”, concluiu o chefe da McLaren.

A temporada de 2023 da Fórmula 1 se inicia no dia 5 de março, com o GP do Bahrein.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

+Os melhores conteúdos no seu e-mail gratuitamente. Escolha a sua Newsletter favorita do Terra. Clique aqui!

Todos os Direitos Reservados
Developed By Old SchooL