Mercedes despista sobre futuro de Hamilton para 2024: “Muito cedo para discutir”

Chefe da Mercedes, Toto Wolff preferiu não abordar uma possível renovação de Lewis Hamilton, que ainda tem contrato com...

revistabaiacu - 28 de junho de 2022
Mercedes despista sobre futuro de Hamilton para 2024: “Muito cedo para discutir”



RITMO DA MERCEDES NO GP DO CANADÁ DE FÓRMULA 1: DÁ PARA DIZER QUE A MELHORA É REAL?

Conforme a Fórmula 1 vai chegando à sua metade da temporada e alguns pilotos confirmam aonde estarão em 2023 — como Pierre Gasly, que vai seguir por mais um ano na AlphaTauri —, os rumores sobre os contratos dos competidores volta a rondar o paddock. Com um carro longe da briga pelo título em 2022, a Mercedes ainda terá mais um ano de contrato com Lewis Hamilton em 2023. Mas e depois disso? O chefe Toto Wolff preferiu não responder.

“Vamos começar a falar dos contratos de 2024? Em junho de 2022?”, questionou Wolff. “Não, estamos em um momento feliz com Lewis [Hamilton] e não há dúvidas de que vamos embarcar nessa temporada e na próxima em um bom lugar. Mas é muito cedo para discutir sobre 2024. Dito isso, não poderia desejar por um casamento melhor em uma dupla [de pilotos]”, salientou.

Wolff não entrou em detalhes e prefere não conversar sobre contrato de Hamilton (Foto: Mercedes)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

O austríaco, chefe da Mercedes, ainda aproveitou para elogiar a forma com a qual Hamilton interage com a equipe, além da própria relação entre os dois companheiros. No entanto, ciente do que viveu em 2016 com a explosiva relação entre Lewis e Nico Rosberg, Wolff admitiu que a situação seria diferente se os dois fossem rivais pelo campeonato.

“Posso dizer que dentro da equipe, Hamilton sempre teve uma mentalidade muito positiva”, elogiou Wolff. “É fascinante como os dois [Hamilton e Russell] trabalham juntos. Nas reuniões, estão sempre perguntando algo um ao outro. Acho que vai ser diferente se estiverem correndo na frente”, reconheceu o chefe da Mercedes.

Até aqui, Russell vem se saindo melhor com o deficiente W13 que a Mercedes construiu para 2022: somou 111 pontos, o que o leva à quarta colocação — à frente inclusive de Carlos Sainz, da Ferrari — única em condições de disputar o título com a Red Bull. Hamilton, por sua vez, tem 77 e ocupa o sexto lugar, logo atrás do espanhol.

A próxima etapa da Fórmula 1 acontece já no final de semana que vem, com o GP da Inglaterra, no tradicional Circuito de Silverstone, marcado para acontecer entre os dias 1º e 3 de julho.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.