‘Minha essência me protegeu de sofrer’, diz Julia Gama sobre participação em ‘Big Brother’ latino

Com exclusividade, ela falou sobre machismo que sofreu e seu principal objetivo com o 'La Casa de Los Famosos'

revistabaiacu - 24 de junho de 2022




Após cinco semanas no La Casa de Los Famosos, Julia Gama deixou o reality show do México no último dia 13 de junho. A ex-Miss Brasil foi a primeira brasileira a participar do programa mexicano, que é uma versão latina do Big Brother e reúne diversas estrelas.

Durante sua participação, Julia foi alvo de comentários machistas dos outros participantes do reality. Os participantes Nacho Casano e Lewis Mendoza insinuaram que ela estava se oferecendo para o boxeador em troca de vantagens no jogo.

Julia Gama fala, com exclusividade ao Estadão, sobre como foi sua participação no La Casa de Los Famosos e o que sentiu ao ver os comentários que seus ex-colegas de confinamento faziam.

“Eu tinha um objetivo com o reality, que era entrar para a Telemundo [emissora do programa] e abrir as portas para atuar fora do Brasil. Então isso me mantinha muito centrada, por mais que minha intuição dissesse que tinha uma ‘guerra’ contra mim lá dentro, era algo muito velado. Eles falavam muito pelas minhas costas e eu não sabia o que era realmente dito”, diz.

A ex-participante do La Casa de Los Famosos explica que se tivesse ouvido os comentários em algum momento, teria se posicionado diferente e, quem sabe, “até chegado em cada uma dessas pessoas” para esclarecer o assunto: “Teria falado coisas que eles mereciam escutar, mas só fui me inteirar de tudo quando saí da casa”.

Julia conta que estava “blindada com a sua verdade” para não perder seu foco, que era o de passar uma mensagem de empatia e de amor para o público. “Acredito que me manter centrada, na minha essência, me protegeu de sofrer lá dentro. Eu não sofri lá. Agora, sair e ver os comentários de apoio, me fez perceber que o Brasil está muito avançado nessas pautas e que os comentários que recebi não seriam tolerados aqui. Agora é esperar que os demais países avancem, pois eram falas inadmissíveis”, conta.

A ex-Miss Brasil diz que só aceitou participar do La Casa de Los Famosos porque sabia que teria o apoio dos brasileiros. “Foi incrível ver o apoio e me enche o coração porque é isso que eu trago pra vida. Sentir o carinho e o amor dos brasileiros me enche o coração de alegria. Uma pena que foi tão difícil para o Brasil votar no paredão, mas sei que todos estiveram comigo, de pertinho, acompanhando essa aventura”, diz.

Além da sua carreira como miss e modelo, Julia Gama também é atriz e quer investir mais nessa área. Após sua saída do reality, ela continua acompanhando o programa e é comentarista ao lado dos outros eliminados, mas revela que já tem projetos engatilhados no Mexico e em Miami com a Telemundo.

“O que mais quero é me desenvolver como atriz em espanhol e a Telemundo é uma grande plataforma pra isso. O La Casa de Los Famosos não foi o objetivo final pois, com o reality, muitas oportunidades começaram a surgir graças a essa minha participação”, fala.

Até agosto deste ano, Julia segue comentando o La Casa de Los Famosos e opinando sobre como o jogo avança dentro da casa, além de ter projetos para TV mexicana.

“Estamos estudando outras possibilidades para o México e para Miami, porque faz pouco tempo que saí da casa, então, estou me informando de tudo que está chegando. E [estou] muito feliz que Deus me deixou ficar no programa tempo suficiente para as oportunidades que eu queria aparecerem”, diz.

Julia também tem planos para lançar um livro e espera que os projetos no México e em Miami com a Telemundo abram mais portas para ela aqui no Brasil. “Estou sempre buscando novos desafios. Sem dúvida, o mercado brasileiro é um mercado que eu ainda quero explorar, né? Comecei a minha carreira na China, agora tô aqui no México e em Miami, mas, sem dúvidas é um espaço que o meu coração quer e eu não vou deixar de explorar. Também quero projetos no Brasil”, fala.