MotoGP se antecipa e altera programação do GP do Japão para fugir de problemas logísitcos

Temendo potenciais atrasos decorrentes dos efeitos da guerra na Ucrânia no espaço aéreo, o Mundial de Motovelocidade anunciou nesta...

revistabaiacu - 23 de junho de 2022
MotoGP se antecipa e altera programação do GP do Japão para fugir de problemas logísitcos



DO DOMÍNIO DE MARC MÁRQUEZ AO ZERO: A HONDA DE PONTA CABEÇA NA ALEMANHA

O trauma da Argentina deixou a MotoGP vacinada. Temendo novos problemas logístcos, o Mundial de Motovelocidade se antecipou e anunciou já nesta quinta-feira (23) uma mudança na programação do GP do Japão, marcado para o dia 25 de setembro. Por causa da mudança, os primeiros treinos livres de Moto3, Moto2 e MotoGP não serão realizados na manhã de sexta-feira.

A preocupação da organização do Mundial é resultado do curto espaço de tempo entre os GPs de Aragão e do Japão, que acontecem de forma seguida. A Dorna Sports, promotora do campeonato, a FIM (Federação Internacional de Motociclismo) e a IRTA (Associação Internacional de Motociclismo) temem atrasos em decorrência do conflito entre Rússia e Ucrânia.

Motegi não terá treinos do Mundial de Motovelocidade na manhã de sexta-feira (Foto: LCR)

CLASSIFICAÇÃO DA MOTOGP

“A FIM, a IRTA e a Dorna Sports são obrigadas a anunciar mudanças no cronograma de sexta-feira do GP do Japão”, anunciou. “Por conta de desafios logisticos impostos pelo fato de o GP ser realizado em sequência com o GP de Aragão, assim como potenciais atrasos causados pelo conflito em curso na Ucrânia e seus efeitos no espaço aéreo, foi decidido não realizar as sessões de treinos das classes de GP — MotoGP, Moto2 e Moto3 — na manhã de sexta-feira”, seguiu.

“Ao invés disso, o TL1 da Moto3 vai iniciar às 13h15 no horário local, o da Moto2 às 14h10 e o da MotoGP às 15h05. Esta única sessão de TL1 da MotoGP que vai acontecer na sexta-feira à tarde será estendida de 45 para 75 minutos. A extensão de tempo é só para a classe rainha”, explicou. “O resultado combinado para a entrada no Q1 e Q2 será considerado pelo TL1 e pelo TL2 para todas as classes”, apontou.

“Atividades para os fãs serão planejadas com os pilotos na manhã de sexta-feira, dando aos fãs na pista a chance de interagir com os herois deles no momento em que a MotoGP retorna ao Japão pela primeira vez desde 2019. Também teremos ação no Mobility Resort Motegi a partir das 9h de sexta-feira, já que a Talent Cup Asiática inicia o fim de semana de corrida com TL1, TL2 e classificação da terceira etapa de 2022”, listou. “Depois de três anos longe, o Mundial de MotoGP está ansioso de voltar a correr no Japão, casa de muitas fábricas da MotoGP e diante de um dos públicos mais passionais e dedicados do nosso calendário”, encerrou.

A MotoGP volta às pistas na próxima semana, para o GP da Holanda, em Assen, 11ª etapa da temporada 2022. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2022.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2.

MILLER MANTÉM STATUS, MAS DÁ PASSO ATRÁS COM IDA PARA KTM NA MOTOGP