Museu do Futebol presta homenagem ao Rei Pelé: "Verdadeira entidade"

Museu do Futebol presta homenagem ao Rei Pelé: "Verdadeira entidade" Confira!

Museu do Futebol presta homenagem ao Rei Pelé: “Verdadeira entidade”

Nesta quinta-feira, Edson Arantes do Nascimento, o Rei Pelé, faleceu aos 82 anos. Pelé marcou a ...

Museu do Futebol presta homenagem ao Rei Pelé: “Verdadeira entidade”
Imagem: Reprodução | Divulgação



Nesta quinta-feira, Edson Arantes do Nascimento, o Rei Pelé, faleceu aos 82 anos. Pelé marcou a história do futebol para sempre com sua genialidade dentro de campo, deixando um imenso legado. Por isso, o Museu do Futebol, instituição do Governo do Estado de São Paulo, preparou conteúdos especiais para que fãs e torcedores possam celebrá-lo e homenageá-lo. O Museu fica localizado embaixo das arquibancadas do Estádio do Pacaembu, palco de várias de grandes jogadas de Pelé.

Na área externa do Museu, um grande painel com foto histórica do Pelé foi instalado e será o ponto disponível para que os torcedores façam suas homenagens. Entrando no Museu do Futebol, o Rei Pelé estará presente em todo percurso da exposição principal. Logo na entrada, o jogador estampa as paredes da Sala Grande Área em diversos objetos que remetem à memória afetiva com o futebol.

“O que nós chamamos de realeza é, acima de tudo, um estado de alma. E Pelé leva sobre os demais jogadores uma vantagem considerável: a de se sentir rei, da cabeça aos pés”, Nelson Rodrigues.

Hoje, nos despedimos do maior de todos os tempos, o rei Pelé. pic.twitter.com/FjUxxJGnCo

— Museu do Futebol (@museudofutebol) December 29, 2022

Ao subir as escadas que levam ao primeiro andar, o público é recebido com as boas-vindas justamente do Rei Pelé, que gentilmente gravou este vídeo em 2008, meses antes da inauguração. Desde então, é ele que saúda os visitantes e os convida a conhecer a história do futebol brasileiro, que, em grande parte, foi escrita por ele próprio e que aparece em vários momentos da exposição.

Logo na sequência, a sala Anjos Barrocos, que conta com projeções de alguns dos maiores nomes da história do futebol brasileiro, terá exclusivamente imagens de Pelé projetadas em todas as telas. Em seguida, os visitantes também podem relembrar lances marcantes do brasileiro, narrados por grandes locutores.

Ao longo do restante da exposição, Pelé marca presença em diversos momentos, especialmente na Sala das Copas do Mundo, com várias imagens dele nas conquistas dos Mundiais de 1958 e 1970 e, também, a camisa original da final da Copa de 1970. Além disso, há uma sala dedicada especificamente a Pelé e Garrincha, com grandes momentos da dupla, que nunca perdeu uma partida quando jogou junta.

No miniauditório localizado na última sala da exposição, será exibido o filme “Pelé 80 – O Rei do Futebol”, com direção de Gringo Cardia. A trajetória de Pelé é contada por meio da montagem e animação de 444 imagens históricas, que cobrem desde os primeiros anos de Pelé em Três Corações, interior de Minas Gerais, até a conquista da fama mundial na Copa de 1958; os 18 anos defendendo o Santos Futebol Clube; a consagração definitiva na Copa de 1970; e o último jogo pelo Cosmos, de Nova York.

Por fim, além das homenagens físicas, o Museu do Futebol também está com conteúdos especiais sobre Pelé nas redes sociais, destacando momentos marcantes da história do jogador.

Assim, o Museu do Futebol convida todos a relembrar e celebrar a vida de um dos maiores orgulhos nacionais, o eterno Rei Pelé.

A exposição fica aberta de terça-feira a domingo, das 9h às 17h (com permanência até às 18h). Em função do feriado de Ano-Novo, o Museu do Futebol estará fechado de 31 de dezembro a 2 de janeiro.

Nota de pesar do Museu do Futebol:

“‘O que nós chamamos de realeza é, acima de tudo, um estado de alma. E Pelé leva sobre os demais jogadores uma vantagem considerável: a de se sentir rei, da cabeça aos pés’ – Nelson Rodrigues.

Hoje, nos despedimos do maior de todos os tempos, o rei Pelé. Sua realeza dentro de campo o tornou uma verdadeira entidade. Suas pinturas em forma de lances alçaram o Brasil ao topo do esporte mundial e fizeram o mundo voltar sua atenção para o país em um dos períodos mais difíceis da nossa história. Pelé foi o primeiro homem negro brasileiro a se tornar um astro admirado globalmente, quebrando barreiras reais e simbólicas até então intransponíveis. Edson Arantes do Nascimento foi, é e continuará sendo, sinônimo de genialidade e de dedicação ao esporte.

Obrigado por tudo, Pelé!”.

+Os melhores conteúdos no seu e-mail gratuitamente. Escolha a sua Newsletter favorita do Terra. Clique aqui!

Todos os Direitos Reservados
Developed By Old SchooL