Narradora da Globo, Renata Silveira apoia jogadora do Botafogo vítima de machismo: ‘Estão desesperados’

Giovanna Waksman atua no sub-13 do Alvinegro e vem sofrendo preconceito de torcedores nas arquibancadas

revistabaiacu - 22 de junho de 2022
Narradora da Globo, Renata Silveira apoia jogadora do Botafogo vítima de machismo: ‘Estão desesperados’



Giovanna Waksman foi vítima de machismo no último fim de semana. Durante jogo do Botafogo no Campeonato Metropolitano sub-13, a jogadora sofreu ofensas de torcedores que estavam nas arquibancadas. Indignada com a situação, Renata Silveira decidiu se manifestar nas redes sociais.

Através do Twitter, a narradora da Globo prestou apoio para Giovanna, condenou o machismo no futebol e afirmou que as mulheres não vão desistir.

– “Futebol não é para mulher”. Gio, eu escuto isso todos os dias. Siga firme! Eles estão desesperados porque nós não vamos desistir – publicou a narradora.

“Fut não é pra mulher”

Gio, eu escuto isso todos os dias. Siga firme! Eles estão desesperados pq nós não vamos desistir.

Imagina uma menina jogando + que um menino em campo. 🤔

Imagina uma menina jogando com meninos. 🤔

Imagina tomar um gol de uma menina.🤔

Ela só quer jogar! https://t.co/4s64I4KLCk

O vídeo foi divulgado por Deborah Rocha, fundadora do canal ‘O que é impedimento?’. Na publicação, a jornalista informa que Giovanna Waksman vem sendo frequentemente vítima de insultos machistas nos jogos do Botafogo.

Por não existir uma categoria feminina de base, Giovanna atua pelo time sub-13 masculino do Botafogo. Apesar do preconceito, a jogadora vem sendo um dos destaques do clube na temporada e muitos já enxergam um futuro promissor na jovem.