Neto se pronuncia após queixa-crime de Tite contra ele: "Não tenho medo de processo"

Neto se pronuncia após queixa-crime de Tite contra ele: "Não tenho medo de processo" Confira!

Neto se pronuncia após queixa-crime de Tite contra ele: “Não tenho medo de processo”

Na última quinta-feira, o ex-jogador e hoje apresentador, Neto, falou pela primeira vez após ser ...

Neto se pronuncia após queixa-crime de Tite contra ele: “Não tenho medo de processo”
Imagem: Reprodução | Divulgação



Na última quinta-feira, o ex-jogador e hoje apresentador, Neto, falou pela primeira vez após ser processado por injúria pelo técnico Tite. O ídolo do Corinthians afirmou que não tem medo de processo. Além disso, argumentou que ao mesmo tempo que o ex-comandante da Seleção Brasileira tem o direito de processá-lo, também tem de “dizer aquilo que eu disse”.

“Processo ou você ganha ou perde. Quem está processando tem que provar. Quem está sendo processado tem que provar. Todo mundo que processa tem o direito. E, quem está sendo processado – que é o meu caso – tem que se defender. Eu e 95% do país, porque o que eu falei 95% do país falou também”, iniciou em entrevista à Rádio Bandeirantes.

“Perdi alguns e ganhei outros e eu não tenho medo de processo, do juiz, promotor. Até porque o juiz e o promotor tem que fazer o bem e a justiça. Cada um tem o direito, o Tite tem o direito de me processar. Como eu também tenho o direito de dizer aquilo que eu disse. Na frente do juiz, eu falo aquilo que eu falei”, complementou.

Na sequência, Neto falou que fica feliz por ser processado pelo técnico Tite e aproveitou a oportunidade para reafirmar algumas críticas que fez ao comandante durante o seu período na Seleção Brasileira.

“Eu fico feliz quando sou processado por um treinador, que ganhou cem milhões em seis anos, duas Copa do Mundo, não ganhou nada, deixou um legado horrível pela seleção brasileira. Foi pipoqueiro em relação ao que tinha que fazer como treinador. Não fez aquele que tinha que ter feito no pênalti do Rodrygo, não levou o Dudu na Copa de 2018, não levou o Dudu e muito menos o Gabigol em 2022”, afirmou.

“Ficou escondido depois da Copa, e continuo dando a minha opinião doendo a quem doer – a ele ou quem quer que seja. Ele foi o maior responsável pelas perdas das duas Copa do Mundo, porque quando ele não deixa o Neymar bater o quarto pênalti e deixa o Marquinhos, que nunca bateu pênalti na vida, nem no Paris Saint-Germain. Ele foi o maior responsável”, finalizou.

De acordo com a informação inicialmente divulgada pelo GE e confirmada pela Gazeta Esportiva, a defesa de Tite alega que Neto cometeu o delito ao xingar o treinador ao vivo em seu programa, transmitido em TV Bandeirantes e também no YouTube, logo após a queda da Seleção para a Croácia, nas quartas de final do Mundial.

Nos vídeos em questão, o ex-jogador e outros comentaristas reagiram à disputa de pênaltis entre Brasil e Croácia, pelas quartas de final da Copa do Mundo.

“Acabou, Tite filho de uma p…! Desgraçado! Eu falei que era o Neymar para bater (o pênalti). A culpa é do Tite. O Neymar deixou de bater o pênalti, o maior batedor de pênalti do mundo, seu sem-vergonha! Você não merece estar aí”, disse Neto assim que a Seleção Brasileira foi eliminada.

“Se o Neymar faz o gol, você teria chance do Alisson pegar e depois o Marquinhos fazer. Seu burro, burro, seu idiota. Acabar com o país, um país sofredor, um país que as pessoas pagam R$ 300 por uma camisa (…). Nesse pênalti agora, não posso perder. Quem é o maior batedor de pênalti do mundo? Não bateu. Seu burro! Burro! Seu burro! Burro! Era o Neymar para bater. Cambada de vagabundos desgraçados”, completou o ex-jogador em seguida.

+Os melhores conteúdos no seu e-mail gratuitamente. Escolha a sua Newsletter favorita do Terra. Clique aqui!

Todos os Direitos Reservados
Developed By Old SchooL