Nove governadores assumem o executivo estadual pela primeira vez

Nove governadores assumem o executivo estadual pela primeira vez Confira!

Nove governadores assumem o executivo estadual pela primeira vez

Entre os 27 eleitos que tomam posse neste domingo, 18 retornam à cadeira

Nove governadores assumem o executivo estadual pela primeira vez
Imagem: Reprodução | Divulgação



Nove estados brasileiros terão novos governadores a partir desde domingo, 31. Esses estreantes no cargo representam um terço dos 27 governadores eleitos em 2022. Os outros 18 foram reeleitos e retornam ao executivo estadual. O Nordeste é a região que mais reúne representantes de primeira viagem, com novos governadores na Bahia, Ceará, Pernambuco, Piauí e Sergipe.

O petista Jerônimo Rodrigues conquistou a cadeira do executivo na disputa do 2º turno com 52,79% dos votos válidos. Esse é seu primeiro cargo eletivo, mas ele já ocupou outros cargos públicos: foi secretário de Educação, secretário nacional do Desenvolvimento Territorial, secretário adjunto do Ministério do Desenvolvimento Agrário e assessor especial do ministro do Desenvolvimento Agrário.

No Ceará, o eleito foi Elmano de Freitas (PT), deputado estadual desde 2014. Ele conquistou o executivo estadual no 1º turno, com 54,02% dos votos válidos.

Os eleitores de Pernambuco, por sua vez, escolheram Raquel Lyra (PSDB) no 2º turno, com 58,70% dos votos. Ela já foi prefeita de Caruaru, deputada estadual, delegada da Polícia Federal (PF) e procuradora.

Rafael Fonteles (PT) foi escolhido no 1º turno, com 57,17% dos votos, para governar o Piauí. Foi a primeira vez que disputou uma eleição, mas antes disso foi secretário da Fazenda do Piauí.

Em Sergipe, Fábio Mitidieri (PSD) foi eleito no 2º turno com 51,70% dos votos. Além de vereador de Aracaju e deputado federal, Mitidieri trabalhou como secretário de Estado do Trabalho e secretário municipal de Esportes na capital.

No Norte, o único governador estreante é Clécio Luis, do Solidariedade. Ele já foi prefeito e vereador de Macapá e elegeu-se ao governo estadual no primeiro turno, com 53,69% dos votos.

Mato Grosso do Sul é o único estado com um representante de primeira viagem no Centro-Oeste. O governador será Eduardo Riedel (PSDB), eleito no 2º turno, com 56,90% dos votos. Na vida pública, ele já ocupou a cadeira da Secretaria de Governo e Gestão Estratégica de Mato Grosso do Sul, além de ter sido presidente do Comitê Gestor do Programa de Saúde e Segurança da Economia no Estado.

Tarcísio de Freitas (Republicanos), ex-ministro de Infraestrutura do governo Jair Bolsonaro (PL), é o estreante no Sudeste. Eleito no segundo turno para o governo de São Paulo com 55,27% dos votos, Tarcísio também já foi diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes durante a Presidência de Dilma Rousseff (PT).

No Sul, a estréia é de Jorginho Mello (PL) como governador de Santa Catarina. Eleito no 2º turno com 70,69% dos votos, é senador e já foi deputado federal e deputado estadual.

+Os melhores conteúdos no seu e-mail gratuitamente. Escolha a sua Newsletter favorita do Terra. Clique aqui!

Todos os Direitos Reservados
Developed By Old SchooL