Novo surto de cólera mata centenas de pessoas no Haiti

Novo surto de cólera mata centenas de pessoas no Haiti Confira!

Novo surto de cólera mata centenas de pessoas no Haiti

Meses após declarar a doença erradicada, país está em alerta com crescimento de casos

Novo surto de cólera mata centenas de pessoas no Haiti
Imagem: Reprodução | Divulgação



O Haiti registrou 13.672 casos e 283 mortes por cólera, desde o início de outubro, de acordo com relatório de 13 de dezembro da Organização Mundial da Saúde.

A doença causava surtos no país desde 2010, mas o governo haitiano chegou a declarar sua erradicação há menos de um ano. Segundo o New England Journal of Medicine, especialistas dizem que a cepa de cólera que causa o atual surto está relacionada à de 2010.

Naquele ano, o surto foi desencadeado após o terremoto ocorrido em janeiro, e tudo indica que foi levado ao país por tropas das Nações Unidas originárias do Nepal.

Sabe-se que antes de ir para o Haiti, houve um surto de cólera em Katmandu, capital do Nepal, onde as tropas treinavam. Entre outubro de 2010 e fevereiro de 2019, o Haiti registrou 820 mil casos e 9.792 mortes pela doença. 

Para os cientistas, não existe certeza de como o cólera retornou ao nível de surto no Haiti, passados três anos sem casos registrados.

De acordo com recente correspondência do New England Journal of Medicine, há três razões hipotéticas. A primeira é que os casos de cólera podem ter persistido desde 2019 e agora estão aumentando pela falta de água limpa e saneamento, somada à queda da imunidade na população.

Outra hipótese é ter permanecido presente em reservatórios ambientais como rios ou estuários, onde o organismo pode sobreviver fora dos hospedeiros humanos.

A terceira corrente defende que a doença migrou para outros países da América Latina e agora foi reintroduzida ao Haiti. Esta é a opção que avaliam como a menos provável pela ausência de relatos pelas nações vizinhas.

A doença geralmente surge em localidades com superlotação e falta de tratamento de água, coleta de lixo e banheiros inadequados. Provoca diarreia profunda e vômitos e pode levar à morte por desidratação intensa, em questão de horas.

A cólera é causada por uma infecção no intestino pela bactéria Vibrio cholerae e se espalha no corpo pela ingestão de alimentos ou água contaminada com fezes ou vômito de uma pessoa doente.

Os sintomas aparecem de dois a três dias após o contágio. A doença pode se manifestar de forma leve e assintomática, mas pode evoluir para casos mais graves, quando o paciente perde fluidos corporais de forma rápida, levando à desidratação e ao choque. 

Com a reidratação imediata, menos de 1% dos pacientes morrem.

De acordo com uma nota divulgada pelas Nações Unidas (ONU), mais de 1,1 milhão doses da vacina Euvichol contra cólera estão sendo distribuídas no Haiti como parte de uma grande campanha de imunização, apoiada pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas).

+Os melhores conteúdos no seu e-mail gratuitamente. Escolha a sua Newsletter favorita do Terra. Clique aqui!

Todos os Direitos Reservados
Developed By Old SchooL