Pablo dá resposta curiosa sobre a pressão da torcida do Flamengo

Zagueiro soma quatro partidas com a camisa rubro-negra: 'A torcida do Flamengo é gigantesca, mesmo jogando fora, parece que...

revistabaiacu - 13 de maio de 2022
Pablo dá resposta curiosa sobre a pressão da torcida do Flamengo



Pablo já realizou quatro partidas com a camisa do Flamengo e, por enquanto, ainda não atuou pelo clube no Maracanã, o que não o impede de reconhecer o calor da torcida rubro-negra. Em entrevista ao podcast “Vaca Cast”, o zagueiro enalteceu a Nação e voltou a contar detalhes a respeito de sua contratação – junto ao Lokomotiv-RUS, com vínculo até dezembro de 2025.

Em sua participação no programa, Pablo deu uma resposta curiosa sobre a pressão e vibração da torcida do Fla:

– A torcida me recebeu bem demais. A torcida do Flamengo é gigantesca, mesmo jogando fora, parece que estamos em casa. É incrível. A pressão é grande de acordo com o tamanho, às vezes exagerado? Pode ser que sim, mas é uma torcida apaixonante, muito vibrante, calorosa, que recebeu a gente de braços abertos – comentou Pablo, emendando sobre os bastidores do acordo:

– O Flamengo é um namoro muito antigo. Na época que eu saí do Corinthians, eu tive uma proposta do Flamengo, em 2018, e muitos achavam, até os torcedores do Corinthians, que eu estava fazendo leilão na época, porque eu não tinha renovado o contrato e assim que o Corinthians tinha desistido da contratação eu fui escutar outros clubes. Escutei o Flamengo, a gente fechou o contrato rápido, só que eles tinham que comprar do Bordeaux e já não tinha uma cláusula de venda, porque o Corinthians tinha um valor de compra estipulado de 13 milhões de euros.

Pablo também citou o peso da guerra entre Ucrânia e Rússia como determinante para o seu retorno ao futebol brasileiro, onde não atuava desde 2017, quando deixou o Corinthians e voltou ao Bordeaux, da França – foi comandado por Paulo Sousa por lá, aliás.

– No meio disso tudo teve a guerra, que foi uma coisa surreal, porque você tem uma sensação de impotência. É na Ucrânia, mas você não sabe como as coisas iam acontecer daqui pra frente. Como que vou deixar meus filhos saírem da minha casa, irem pra escola, um trânsito infernal que tem em Moscou, dá uma coisa na cidade, e eu não consigo nem chegar na escola. Eu tento me prevenir de tudo e decidi deixar a Rússia.

O próximo jogo de Pablo pelo Flamengo ainda não será no Maracanã. O Rubro-Negro visita o Ceará neste sábado, às 16h30, para o confronto válido pela sexta rodada do Brasileiro, na Arena Castelão. Confira os relacionados aqui.