Palmeiras prepara retorno ao campo do meia Raphael Veiga

Artilheiro do Verdão na temporada está em transição física após sofrer uma lesão muscular na coxa direita

revistabaiacu - 24 de junho de 2022
Palmeiras prepara retorno ao campo do meia Raphael Veiga



A comissão técnica do Palmeiras prepara a volta do meia Raphael Veiga para os próximos jogos. O jogador sofreu uma lesão muscular na coxa direita no último dia 5 de junho, durante o empate com o Atlético-MG, pelo Campeonato Brasileiro.

Há o otimismo para que o jogador retorne já neste domingo (26), quando o Verdão encara o Avaí, em Santa Catarina, pelo Campeonato Brasileiro. Caso isso não ocorra, o camisa 23 deve ficar à disposição para o confronto de ida das oitavas de final da Copa Libertadores, contra o Cerro Porteño, do Paraguai, em Assunção.

A programação da retomada de Veiga foi confirmada por João Martins, auxiliar técnico de Abel Ferreira, e que comandou a equipe alviverde na derrota por 1 a 0 para o São Paulo, na última quinta-feira (23), pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

O meia palmeirense tinha chances de ser relacionado para o Choque-Rei deste meio de semana, mas foi vetado por não estar em plenas condições físicas. O atleta está em processo de transição.

– Somos coerentes, realistas e não arranjamos desculpas. Poderíamos ter arriscado o Veiga hoje, já treinou mas corremos o risco de não ir bem e por isso temos o que tá bem definido as regras para os jogadores estarem disponíveis para ajudar a equipe, e o Veiga não tinha cumprido. E preferimos ser realistas e ponderamos, Veiga, se tudo correr bem, vai ficar disponível a partir de domingo, se não na quarta. Mas tem coisas sagradas que não interessa ter o jogador 50% para não ocorrer de precisar ficar mais um mês (no DM) – expôs o auxiliar do Palmeiras em entrevista coletiva após o revés para o Tricolor.

Artilheiro palmeirense em 2022, com 18 gols, Veiga perdeu cinco partidas por conta do problema físico sofrido contra o Galo.

No intervalo em que esteve fora, o Verdão venceu quatro jogos e perdeu um, justamente o clássico contra o São Paulo, deste meio de semana.