Paulo Sousa reclama de pênalti não marcado para o Flamengo

O Flamengo ficou na bronca com a arbitragem de Luiz Flavio de Oliveira (SP-Fifa) no empate com o ...

revistabaiacu - 14 de maio de 2022




O Flamengo ficou na bronca com a arbitragem de Luiz Flavio de Oliveira (SP-Fifa) no empate com o Ceará por 2 a 2, neste sábado, no Castelão, pelo Campeonato Brasileiro. Já na reta final do jogo, quando vencia por 2 a 1, Gabigol foi tocado na área. O árbitro, entretanto, nada marcou e o VAR não recomendou a revisão do lance. Aos 45 minutos, o Fla levou o gol de empate.

Na avaliação da atuação da equipe, o técnico Paulo Sousa reclamou do pênalti ignorado pela arbitragem e ainda relembrou do clássico com o Botafogo.

“Eu analiso mais a capacidade de jogo que tivemos no primeiro tempo. Poderíamos já no final do primeiro tempo ter resolvido o jogo. No início do segundo tempo também tivemos dois lances para podermos fazer o 3 a 1. Com o Pablo e com o último passe do Bruno que poderia ter sido muito mais eficaz para finalizar”, analisou Paulo Sousa.

“Eu não sou uma pessoa de fazer muita referência à arbitragem, só que são dois jogos claramente. No Botafogo podíamos fazer 1 a 0 (Gabigol teve gol anulado) e termos um controle completamente diferente. E hoje um 3 a 1 para poder sentenciar esse jogo”, completou.

Fim de jogo no Castelão. O Flamengo fica no empate em 2 a 2 com o Ceará, pelo Campeonato Brasileiro. Campeonato Brasileiro. O Rubro-Negro agora volta as atenções para a Libertadores. Nesta terça-feira, o clube carioca recebe a Universidad Católica, do Chile, no Maracanã. O Fla lidera o Grupo H, com dez pontos.