Power valoriza experiência para “não correr riscos” e conquistar pódio em Indianápolis

Will Power conquistou seu segundo pódio na temporada da Indy e disse que preferiu não correr riscos e pontuar...

revistabaiacu - 14 de maio de 2022
Power valoriza experiência para “não correr riscos” e conquistar pódio em Indianápolis



Will Power manteve sua impressionante regularidade e terminou mais uma vez entre os cinco primeiros. Neste sábado, o australiano conquistou seu segundo pódio na temporada de 2022 da Indy no insano GP de Indianápolis 1 com um terceiro lugar. Largando na pole-position pela sexta vez no Brickyard, Power ressaltou as dificuldades de pilotar em condições climáticas voláteis.

“Estava muito difícil decidir entre os pneus de chuva ou slick quando estava chovendo de um lado da pista e seco do outro. Conversamos sobre isso e decidimos que teríamos que usar os pneus de chuva, porque você cometeria um erro se continuasse com slicks, algo que vimos acontecer com muitos caras mesmo em bandeira amarela”, disse o piloto da Penske após a corrida.

“Mas estou muio feliz com o pódio depois de um dia caótico. Eu tentei ser inteligente, e não queria correr um risco muito grande. Fico impressionado com caras como Colton [Herta] e Pato [O’Ward], que aceleram com tudo nessas condições. Esses caras são difíceis de enfrentar. Parabéns ao Colton pela forma que pilotou e pela vitória”, elogiou Will.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Depois de um terceiro lugar na primeira corrida do ano em St. Pete e três quarto lugares consecutivos, Power revelou que estava pensando no campeonato durante a corrida no circuito misto do Indianapolis Motor Speedway. Com toda sua experiência, o australiano preferiu não correr grandes riscos do que tentar algo diferente para brigar pela vitória, que ficou com Colton Herta.

“A experiência ajudou bastante, eu sabia que seria importante sobreviver em um dia como este. Você poderia escolher o pneu errado e seria um dia terrível, mas em todas as situações em só tentei ser o mais inteligente possível e não correr um risco grande. Normalmente não é divertido não disputar a vitória, mas não eram as condições para tentar fazer isso, especialmente pensando na briga pelos pontos”, explicou o campeão de 2014.

Na busca pelo bicampeonato, a consistência de Power o levou à liderança depois de cinco provas, com 170 pontos no total. A Indy retorna agora para a 106ª edição das 500 Milhas de Indianápolis, marcada para o dia 29 de maio.

McLAREN OU ANDRETTI? É HORA DE ALEXANDER ROSSI ANALISAR FUTURO PELA INDY