Presidente do Irã diz que não terá 'piedade' com manifestantes

Presidente do Irã diz que não terá 'piedade' com manifestantes Confira!

Presidente do Irã diz que não terá ‘piedade’ com manifestantes

País foi tomado por convulsão social após morte de jovem

Presidente do Irã diz que não terá ‘piedade’ com manifestantes
Imagem: Reprodução | Divulgação



O presidente do Irã, Ebrahim Raisi, afirmou nesta terça-feira (27) que seu governo não vai mostrar misericórdia com os inimigos, em relação ao manifestantes que há mais de 100 dias protestam pelos direitos das mulheres no país.

    A declaração foi dada durante uma cerimônia na Universidade de Teerã, em meio à convulsão social provocada pela morte de Mahsa Amini, em setembro, vítima da polícia moral iraniana por usar o véu islâmico incorretamente.

    “Não teremos piedade com elementos hostis”, ameaçou Raisi, que definiu a onda de protestos como um “distúrbio”. Ativistas pelos direitos humanos estimam que pelo menos 507 pessoas morreram nas manifestações, enquanto entre 14 mil e 16 mil foram presas.

    “Hipócritas, monarquistas, correntes contrarrevolucionárias e todos aqueles prejudicados pela revolução se uniram aos protestos”, disse o presidente ultraconservador. .

+Os melhores conteúdos no seu e-mail gratuitamente. Escolha a sua Newsletter favorita do Terra. Clique aqui!

Todos os Direitos Reservados
Developed By Old SchooL