Red Bull elogia Verstappen “mais maduro” após título da Fórmula 1 em 2021

Christian Horner, chefe da Red Bull, comentou a postura mais madura de Max Verstappen na atual temporada após o...

revistabaiacu - 28 de junho de 2022
Red Bull elogia Verstappen “mais maduro” após título da Fórmula 1 em 2021



DRUGOVICH E F1 2023: QUAL O CENÁRIO REAL PARA PILOTOS QUE VÊM DA BASE?

Max Verstappen lidera tranquilamente a Fórmula 1 após nove corridas em 2022. O holandês sofreu com problemas de confiabilidade no início da temporada, mas tem tido um ano impecável até aqui, sem ter cometido nenhum grande erro. Para a Red Bull, o desempenho neste ano reflete uma maturidade maior adquirida após o título conquistado dramaticamente na temporada passada.

“Ele fez um trabalho fenomenal ano passado. Lembrando agora, ele fez corridas sob imensa pressão. Acho que Austin se destaca para mim no final da temporada. Mas agora, as corridas neste ano têm sido ótimas, e os carros conseguem andar mais próximos. Nós vimos isso nas primeiras oito ou nove corridas até aqui. Então sim, ele definitivamente cresceu a partir da experiência do ano passado, e você pode ver que, após vencer o Mundial de Pilotos, ele está pilotando de forma ainda mais madura”, avaliou Christian Horner, chefe da Red Bull, em entrevista ao podcast F1 Nation.

Na atual temporada, Max já acumula seis vitórias em nove corridas. O último triunfo veio no GP do Canadá. Depois de dominar nos treinos livres e na classificação, o holandês segurou a pressão de Carlos Sainz, da Ferrari, nas voltas finais para subir ao topo do pódio pela primeira vez na carreira em Montreal.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Max Verstappen elogiou disputa com Sainz no Canadá (Foto: Red Bull)

“Ele foi incrível neste fim de semana. Acho que, desde a primeira volta no primeiro treino livre, ele liderou praticamente todas as sessões do fim de semana. A corrida não foi simples para nós, porque os safety-cars virtuais vieram nos piores momentos para ele, mas ele fez tudo funcionar mesmo sob pressão”, eloigou Horner.

“O importante foi que nós lhe demos posição de pista para a última parte da prova e depois ele segurou uma pressão muito, muito grande após o último safety-car virtual com uma Ferrari muito veloz atrás dele”, concluiu o chefe da Red Bull.

Verstappen tem 175 pontos na liderança do Mundial de Pilotos, com uma vantagem de 46 pontos para Sergio Pérez, seu companheiro de Red Bull. A Fórmula 1 retorna no próximo domingo (3), para o GP da Inglaterra, em Silverstone.

RITMO DA MERCEDES NO GP DO CANADÁ DE FÓRMULA 1: DÁ PRA DIZER QUE A MELHORA É REAL?