Repórter revela mágoa da Globo: “Fizeram para me machucar”

Marcos Uchôa mostrou ressentimento por não ter sido convidado para série de homenagens no 'Jornal Macional'

revistabaiacu - 28 de maio de 2022
Repórter revela mágoa da Globo: “Fizeram para me machucar”



Marcos Uchôa foi um dos principais jornalistas da Globo durante 34 anos. O repórter pediu demissão da emissora no final do ano passado. Mesmo com várias coberturas de sucesso no currículo, o profissional guarda mágoa da antiga empresa.

Em entrevista ao podcast Inteligência Limitada, de Rogério Vilela Veja, Uchôa revelou que ficou chateado por não ter sido chamado para uma série de homenagens quando o canal completou 50 anos de jornalismo. O episódio aconteceu há sete anos.

“Teve uma coisa que na Globo me magoou. Em 2015, a Globo comemorava 50 anos de jornalismo, e foi feita uma série de homenagens no Jornal Nacional. Eu apareci, dentro de reportagens, mas foram convidados jornalistas desses anos todos para participar de uma mesa. Eram mais de 10. Uns 15, bastante gente. Eu não fui convidado”, contou.

“Eu estava viajando, mas claro que, se eu tivesse sido convidado, a viagem teria sido em outro momento. Quando soube, a coisa já estava indo para o ar”, completou.

O jornalista cobriu oito guerras, desastres naturais e vários eventos esportivos, como Copa do Mundo e Jogos Olímpicos: “Na minha carreira, fiz mais do que a maioria que estava ali. Diria até que fiz mais do que todos que estavam ali, em relação à variedade de reportagens”.

“Não queria que tirassem ninguém dali. Agora, acho que eu não ter sido convidado foi um problema pessoal de quem estava escolhendo. Aquilo foi para me machucar, e me machucou. A decisão era dos chefes e eles fizeram o que quiseram fazer. Muita gente, nas ruas, disse que era um absurdo eu não estar ali”, finalizou.