Santos precisará gastar R$ 17 mi se quiser manter dupla de volantes

Vinícius Zanocelo e Rodrigo Fernández estão emprestados por Ferroviária e Guaraní, do Paraguai, com preços fixados em R$ 11...

revistabaiacu - 14 de maio de 2022
Santos precisará gastar R$ 17 mi se quiser manter dupla de volantes



A boa fase em que o Santos vive na temporada passa por dois jogadores: Rodrigo Fernández e Vinicius Zanocelo. A dupla ganhou o meio-campo do Peixe e hoje são titulares indiscutíveis no esquema tático do técnico Fabián Bustos. Mas, caso queira “vida longa” no time, o Alvinegro vai precisar exercer o direito de compra dos atletas.

O uruguaio pertence ao Guaraní, do Paraguai, e chega por empréstimo ao Peixe até o final da temporada, com opção de compra após o encerramento do vínculo. Os valores para contratação em definitivo giram em torno de R$ 6 milhões, na cotação atual.

Já Zanocelo está emprestado ao Santos até 31 de maio de 2023. Para ficar com o jogador em definitivo, o Peixe terá de pagar cerca de R$ 11 milhões (cotação atual). Quando foi contratado, o Santos pagou para Ferroviária R$ 500 mil pelo empréstimo. Se o Peixe fizer a opção pela compra, o valor será abatido no negócio. Se o Santos não optar pela compra, o valor será devolvido.

A classificação do Santos para próxima fase da Copa do Brasil, nesta quinta-feira (12), após vencer o Coritiba por 3 a 0, na Vila. Fernández foi considerado um dos melhores em campo. Ele marcou um gol, fez 2 desarmes, 2 interceptações e acertou três dribles.

“Foi um sonho. Esse era o terceiro jogo que estava próximo do gol e vinha falando com a minha família que estava perto. Muito feliz. É um sonho realizado fazer um gol nesse campo lotado de torcedores, e com a minha filha ali”, disse o meio-campista uruguaio.