Serviço de bloqueio de CPF é lançado em São Paulo por menos de R$ 4

Serviço de bloqueio de CPF é lançado em São Paulo por menos de R$ 4 Confira!

Serviço de bloqueio de CPF é lançado em São Paulo por menos de R$ 4

Custando um preço simbólico mensalmente, serviço já pode ser acessado pelos cidadãos do estado; confira um passo a passo para bloquear seu CPF

Serviço de bloqueio de CPF é lançado em São Paulo por menos de R$ 4
Imagem: Reprodução | Divulgação



Com o objetivo de prevenir fraudes através do cadastro de pessoa física, agora é possível solicitar o bloqueio dos dados pessoais. Assim, o Serviço de Proteção ao CPF foi lançado na quarta-feira (28) no Estado de São Paulo. O recurso já está disponível pelo portal Redesim e tem como custo uma taxa no valor de R$ 3,77.

O projeto foi desenvolvido pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, a partir da Junta Comercial do Estado de São Paulo (Jucesp). Qualquer cidadão de SP pode acessar o sistema do Integrador Estadual, também conhecido como Redesim, e realizar a solicitação do bloqueio de seus dados pessoais.

Dessa maneira, informações como o CPF ficarão impedidas de serem utilizadas por terceiros sem o consentimento do dono.

Por outro lado, é importante destacar que a interrupção é válida apenas por um mês. Ou seja, é necessário renovar o pedido mensalmente, sempre desembolsando o valor de R$ 3,77. Em situações de documentos roubados, furtados ou extraviados, não há cobrança alguma. Porém, há a necessidade de apresentar boletim de ocorrência ou declaração de pobreza.

Se por algum motivo o cidadão desejar fazer o desbloqueio de seus dados pessoais, será preciso solicitar através do canal “Fale conosco” do portal. Essa opção é gratuita.

Vale apontar que ao requerer o bloqueio, a pessoa não poderá mais abrir empresas ou realizar alterações que envolvam integrantes com o CPF bloqueado.

No começo de 2021, um baque ocorreu nos sistemas do país, quando um hacker anunciou que havia roubado 223 milhões de CPFs.

Como resultado, o criminoso colocou lotes de informações à venda, nem mesmo falecidos escaparam do vazamento. Dados como nome completo, data de nascimento e gênero de muitos indivíduos foram expostos em um fórum na internet.

A partir daí, tanto o STF quanto a OAB pressionaram a ANPD (Agência Nacional de Defesa do Poupador) a investigar a fundo o ocorrido. Consequentemente, a Polícia Federal realizou uma operação e acabou prendendo um suspeito.

Seja como for, a novidade que permite o bloqueio de CPF é um passo interessante para a proteção de dados, algo tão complexo em um mundo altamente conectado.

Serviço de bloqueio de CPF é lançado em São Paulo por menos de R$ 4

+Os melhores conteúdos no seu e-mail gratuitamente. Escolha a sua Newsletter favorita do Terra. Clique aqui!

Todos os Direitos Reservados
Developed By Old SchooL