Técnico do PSG revela trabalho psicológico com jogadores após decepção na Copa

Técnico do PSG revela trabalho psicológico com jogadores após decepção na Copa Confira!

Técnico do PSG revela trabalho psicológico com jogadores após decepção na Copa

Christophe Galtier avalia utilização de Neymar, Mbappé e Hakimi na partida do time contra o Strasbourg

Técnico do PSG revela trabalho psicológico com jogadores após decepção na Copa
Imagem: Reprodução | Divulgação



Mbappé, Neymar e Hakimi estão relacionados para a volta do Paris Saint-Germain aos gramados, nesta quarta-feira, no Parque dos Príncipes, diante do Strasbourg, pela 16ª rodada do Campeonato Francês. Todos defenderam seus países na Copa do Mundo e acabaram frustrados, seja por eliminação precoce ou por derrota na final, caso do atacante francês. O técnico Christophe Galtier revelou nesta terça-feira que vem fazendo um trabalho psicológico com os jogadores para afastar possíveis traumas.

Do quarteto, os brasileiros são quem mais sofreram, por queda ainda nas quartas de final, diante da Croácia, em jogo no qual tinham a vaga faltando somente quatro minutos para o fim – levaram o empate na prorrogação e perderam nos pênaltis, com o zagueiro falhando uma cobrança. Hakimi viu o Marrocos ficar no quarto lugar, mas com sentimento de que poderia ir além. Já Mbappé anotou um hat-trick na final com a Argentina e mesmo assim não conseguiu celebrar o segundo título consecutivo.

“Mandei mensagens de apoio para quem ficou decepcionado, e mensagens de parabéns para quem conseguiu ir longe na competição. Eles são jogadores de alto nível e acho que o melhor remédio para eles é voltar ao trabalho o mais rápido possível, cercados por seus amigos, para recuperar o gosto pela competição”, afirmou Galtier.

“Vejo que todos estão mentalmente disponíveis para que possamos trabalhar juntos. Vi o Kylian ir dar os parabéns ao Leo (Messi) e ao treinador adversário na entrega do troféu. São sinais de respeito entre os nossos jogadores. O que me lembro é a atitude muito boa de Kylian, que mostrou know-how e classe, apesar da decepção. É uma coisa muito boa para a equipe e para o clube.”

Marquinhos e Neymar tendem a ser titulares após 10 dias de folgas. Já Hakimi e Mbappé descansaram menos, e são dúvidas. Mesmo com o astro francês querendo estar em campo, Galtier admite que precisa repensar para não perder o astro por lesão.

“Para o retorno dos nossos jogadores, fizemos (avaliação) caso a caso, seja fisicamente ou mentalmente”, disse. “Infelizmente, houve jogadores eliminados antes de outros. Havia a vontade de Achraf e Kylian voltarem conosco muito rapidamente. Desde que estejam fisicamente e mentalmente bem, não tínhamos motivos para nos privar deles nestes próximos dois jogos do campeonato que serão muito importantes”, afirmou, com um precioso adendo.

“Por outro lado, cabe a nós pensar no período adequado para que eles descansem e descomprimam durante as próximas semanas. Todos os jogadores que retornaram estarão disponíveis para o jogo de amanhã (quarta-feira). Os espanhóis, portugueses e brasileiros tiveram dez dias de folga. Todos retornaram na data combinada e estão treinando normalmente. Minha equipe estava em contato constante com todos os nossos jogadores. Leo teve que voltar à Argentina para as várias comemorações. Ele estará de volta conosco em 2 ou 3 de janeiro.”

Sobre Neymar, Galtier não tem preocupação. “De fato, vimos que ele teve o tornozelo inchado durante a Copa do Mundo, mas conseguiu jogar duas partidas depois”, avaliou. “Pudemos ver seu magnífico gol contra a Croácia. Isso significa que, nesse intervalo, foi capaz de se curar. Depois disso, é claro, ele pôde aproveitar o tempo de folga no Brasil. Estava cercado por sua equipe médica e está bem, tanto física quanto mentalmente”, afirmou.

+Os melhores conteúdos no seu e-mail gratuitamente. Escolha a sua Newsletter favorita do Terra. Clique aqui!

Todos os Direitos Reservados
Developed By Old SchooL